dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     23/08/2014            
 
 
    

O aparecimento de plantas daninhas resistentes ou de biótipos resistentes a herbicidas ocorre com diversas espécies e em várias culturas, de forma rápida e preocupante na maioria das regiões produtoras do Brasil. A buva resistente (Conyza spp) ao glifosato é o caso mais recente, mas além dela é possível citar muitos relatos de seleção de populações resistentes, especialmente para os herbicidas inibidores da enzima acetil-CoA (ACCase) e dos inibidores da enzima acetolactato sintase (ALS).

Tal surgimento é relativamente fácil de explicar: os biótipos resistentes estão presentes nas populações de campo antes de qualquer exposição aos herbicidas, em frequências variáveis e bastante baixas. A frequência inicial varia para alguns herbicidas, indo de 10-6 (uma planta a cada 1.000.000 hectares) a 10-20 planta por hectare (Gressel, 1991 e Stannard & Fay, 1987). A partir de tais dados podemos deduzir que o aparecimento no campo acontece após um período longo, que pode chegar a vários anos e após o uso prolongado de herbicidas com um mesmo mecanismo de ação. Muito conhecida é a resistência de duas plantas daninhas – o leiteiro e o picão-preto – aos chamados inibidores da ALS, uma vez que vários ingredientes ativos e produtos comerciais pertencentes a este grupo foram utilizados durante muitos anos, determinando assim o aparecimento de populações resistentes disseminadas por todo o Brasil. Trata-se da chamada “pressão de seleção” que resulta no surgimento e multiplicação de biótipos resistentes a esse mecanismo de ação.

Nos Estados Unidos o aparecimento da buva resistente ocorreu recentemente, depois do uso contínuo do glifosato no manejo de dessecação. Já o aparecimento da resistência em determinadas regiões do Brasil se deu de maneira muito mais rápida. O melhor modo de explicar isso é associando às plantações nacionais a maior frequência do uso do glifosato. Ou seja, no Brasil são duas ou até três safras por ano, enquanto nos Estados Unidos, devido principalmente ao clima de inverno intenso, o comum é apenas uma safra anual, justificando assim o fato da “pressão de seleção” nas lavouras brasileiras ser muito maior devido ao número de safras.

Casos de aparecimento de populações resistentes no Brasil:

Manejo de plantas daninhas

A ocorrência de plantas daninhas resistentes a herbicidas é uma realidade no Brasil e em diversos países. No entanto, muitos produtores ainda não se conscientizaram da magnitude deste problema que vem crescendo a cada safra. Manejar tendo em vista o sistema agrícola talvez seja uma das formas mais práticas e econômicas de se manter as plantas daninhas resistentes sob controle e evitar o surgimento de novas espécies ou biótipos resistentes e cabe a cada agricultor buscar orientação técnica e manejar adequadamente sua propriedade, fazendo frente a essa nova realidade.

Para escolher o herbicida o produtor deverá levar em conta que o uso contínuo de produtos com o mesmo mecanismo de ação sobre a mesma espécie de planta daninha resultará no surgimento de biótipos resistentes. Como no caso do aparecimento de populações de buva resistentes ao glifosato.

É possível utilizar o manejo das plantas daninhas resistentes com bastante eficácia e tranquilidade. Para conter o avanço, o agricultor precisa fazer mudanças nas práticas de manejo utilizadas, sendo necessário alternar constantemente as práticas utilizadas, visando evitar ou retardar o aparecimento de plantas daninhas resistentes (López-Ovejero & Christoffoleti, 2003).

Existem alguns procedimentos que compõem o chamado Manejo Integrado de Plantas Daninhas, que têm como finalidade diminuir as possibilidades de introdução ou aumento dessas populações resistentes nas lavouras. São eles:
– Identificar rapidamente possíveis populações resistentes;
– Utilizar herbicidas de mecanismos de ação diferentes para o manejo das plantas daninhas, quer seja para a dessecação ou para o controle na pós-emergência da cultura;
– Praticar a rotação de culturas: em virtude de cobertura vegetal, manejo e uso de herbicidas de diferentes mecanismos de ação;
– Outras formas de manejo podem ser citadas como culturas mais competitivas, espaçamentos mais adensados e uso de cobertura morta. São métodos de controle cultural que, em algumas situações, são alternativas muito viáveis se associadas ao uso de herbicidas.

Duas metodologias de manejo têm mostrado eficiência, principalmente nas regiões onde os problemas com plantas daninhas resistentes são mais prejudiciais:

1- Uso de herbicidas alternativos para o manejo: grandes avanços foram verificados por meio do uso de herbicidas com diferentes mecanismos de ação na mesma safra e sobre um mesmo alvo. Especificamente para o controle da buva, a principal recomendação é utilizar aplicações sequenciais de produtos sistêmicos de ação total (normalmente o glifosato e o 2,4-D) e na sequência o uso de herbicida de contato (como o Finale, da Bayer CropScience, cujo princípio ativo é o glufosinato de amônio) para a dessecação da buva remanescente.
 
2 - Manejo do sistema agrícola: consiste em manejar plantas daninhas analisando o “sistema agrícola inverno & verão” de forma integrada, visando reduzir o banco de sementes e a agressividade para as culturas subsequentes. No Paraná, onde o milho safrinha e o trigo são opções de inverno, herbicidas com efeito residual são importantes ferramentas, como Soberan para o milho safrinha e o Hussar para o trigo, cujo grande benefício é a redução no banco de sementes de várias espécies, facilitando o manejo para a cultura da soja posterior.

Sobre as soluções Bayer CropScience
Finale é um herbicida altamente eficaz no controle de plantas daninhas, inclusive no sistema de plantio direto. É aplicado na segunda etapa (pós-emergência) quando é recomendado o uso de um dessecante para fazer a semeadura.
Soberan é capaz de controlar o mato que compete com a lavoura sem prejudicar as plantas de milho, conforme estudos realizados por importantes entidades de pesquisa do Brasil. Sua ação ocorre rapidamente, com apenas uma aplicação. Herbicida de alta performance, o produto é sistêmico e controla, em pós-emergência, folhas estreitas e folhas largas. O Soberan pode ainda ser utilizado em qualquer tipo de milho grão

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Portal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Rosana Santin
02/08/2010 - 12:16
Outra planta resistente a maioria dos herbicidas Ú a Ciganinha (memora peregrina.

Francineudo Alves
01/11/2010 - 18:01
+ importante checar se a planta Ú resistente ou tolerante a aþÒo do herbicida

Para comentar
esta matéria
clique aqui
2 comentários

Sanidade Vegetal - Artigos já Publicados

Fernanda Cristina Juliatti
Mofo branco em soja: danos causados e alternativas para o manejo da doença
07/05/2012

BASF
Multiplicando grãos dourados
26/01/2012

Ihara
Controle da mancha de ramulária (Ramularia areola) do algodoeiro
19/01/2012

Bayer CropScience
Período de estiagem: alerta para a infestação de ácaros nas lavouras de soja
12/01/2012

Bayer CropScience
Novos desafios para o manejo de lagartas na cultura de soja
15/12/2011

Ihara
Mofo Branco: plantio de soja merece atenção ao avanço do patógeno
08/12/2011

BASF
Agricultura 2.0
10/11/2011

Bayer CropScience
Umidade e temperaturas baixas: sinal de alerta para o produtor de batatas
18/10/2011

IHARA
Utilização de maturadores na cultura da cana-de-açúcar em final de ciclo
11/10/2011

Ihara
Desequilíbrio de ácaros do cafeeiro
22/09/2011

BASF
Quebra de dormência em macieira
15/09/2011

Bayer CropScience
Efeito ‘Força Anti-Stress’ na safra verão
25/08/2011

IHARA
Spodoptera no tomate industrial
16/08/2011

BASF
Manejo de doenças do trigo e lançamentos BASF
28/07/2011

Ihara
Patógenos: um desafio à qualidade sanitária da semente
21/07/2011

Bayer CropScience
Nematóides no milho safrinha
14/07/2011

Bayer CropScience
Trigo com produtividade e qualidade
09/06/2011

AgroPlan-UFV
Controle alternativo de pulgões
07/06/2011

Bayer CropScience
Controle do greening: manejos regional e local
17/05/2011

BASF
Inovações tecnológicas: Sistema de Produção Clearfield ® Arroz
12/05/2011

Bayer CropScience
Citricultura: controle do ácaro da falsa ferrugem
05/04/2011

BASF
Produtos biológicos complementam o manejo de pragas e doenças
25/03/2011

AgroPlan-UFV
Reforma no Código Florestal ameaça nossas florestas
10/03/2011

Bayer CropScience
Manejo de lagartas na cultura da soja
03/03/2011

BASF
Mercado legal de sementes é aliado para aumento de produtividade
17/02/2011

BAYER
Manejo de doenças na cultura da soja
27/01/2011

AgroPlan - UFV
Controle de pragas com biopesticidas
27/12/2010

Syngenta
Cana alimenta o modelo energético do futuro
23/12/2010

BASF
Barter garante tranquilidade para o cafeicultor
21/12/2010

Bayer CropScience
Manejo e controle de cigarrinhas das raízes na cana-de-açúcar
20/12/2010

Basf
Tratamento industrial de sementes
17/11/2010

Bayer CropScience
Manejo de doenças no milho
16/11/2010

Basf
Setor sucroenergético se mobiliza em prol da sustentabilidade
20/10/2010

Bayer CropScience
Nematóide em soja
15/10/2010

Bayer CropScience
Controle da cochonilha-da-roseta no café Conilon
29/09/2010

Bayer CropScience
Manejo de doenças em cereais de inverno
13/09/2010

Syngenta
Pulgão provoca alerta nas lavouras de milho no planalto do Parecis
04/08/2010

Bayer CropScience
Manejo de plantas daninhas na cultura do milho
09/07/2010

Syngenta
A agricultura e as mudanças climáticas
05/07/2010

Bayer CropScience
Manejo de plantas daninhas no sistema inverno/verão
30/06/2010

Arysta
Clima chuvoso e quente favorece surgimento de Greening nos pomares paulistas
10/06/2010

Bayer CropScience
Controle de requeima na cultura tomateira
04/06/2010

Syngenta
Para uma safra mais produtiva
25/05/2010

Bayer CropScience
Requeima (Phytophthora infestans) em batata e tomate
20/05/2010

Bayer CropScience
O uso de maturadores na cultura do café
20/04/2010

Arysta
Aplicação de amicarbazone para controle eficiente da Brachiaria decumbens
13/04/2010

Syngenta
Percevejo ataca o milho no Sul de Minas Gerais
09/04/2010

Syngenta
Pulgão provoca alerta nas lavouras de milho no Planalto do Parecis
25/03/2010

Basf
Uso de fungicidas em arroz irrigado
18/03/2010

Bayer Cropscience
Manejo de Lagartas na Cultura da Soja
12/03/2010

Milenia Agrociências
Manejo correto pode reduzir os custos dos defensivos no plantio da soja em até 35%
05/03/2010

Arysta LifeScience
Alternativas à resistência de plantas daninhas a herbicidas
02/03/2010

Basf
Aplicações de Cabrio Top® e o aumento da concentração da arginina e do nitrogênio na videira
19/02/2010

Bayer CropScience
Florescimento deve trazer prejuízos para a cana-de-açúcar na safra 2010/2011
05/02/2010

Arysta LifeScience
Chuvas demandam aplicação mais efetiva de defensivos nas lavouras de hortaliças
27/01/2010

Milenia Agrociências
Peculiaridades da agricultura brasileira desafiam empresas de agroquímicos
25/01/2010

Basf
Requeima e Pinta Preta são batatas quentes na mão do produtor
21/01/2010

Bayer CropScience
Brasil pode sofrer forte epidemia da ferrugem da soja
21/12/2009

Basf
Yield Max e as aplicações de defensivos na soja
21/12/2009

Syngenta
Diagnóstico e soluções para a cercosporiose do milho
08/12/2009

Basf
Serviço Digilab dá suporte ao produtor e ambiente
17/11/2009

Milenia Agrociências
Sistema de trocas beneficia produtor
11/11/2009

Bayer CropScience
Manejo de buva resistente
05/11/2009

Conteúdos Relacionados à: Sanidade Vegetal
Palavras-chave

 
26/08/2014
12º CICAM - Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológicas e Ambientais
São Paulo - SP
08/09/2014
Exphomig 2014
Barbacena - MG
14/09/2014
25º Congresso Brasileiro de Entomologia (CBE)
Goiânia - GO
07/10/2014
IV Seminário de Agroecologia do Distrito Federal e Entorno
Brasília - DF
04/11/2014
XII Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste
Natal - RN
24/11/2014
V Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental
Belo Horizonte - MG
05/05/2015
IV SIGERA - Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais
Rio de Janeiro - RJ
23/11/2015
6º Simpósio de Restauração Ecológica
São Paulo - SP

30/08/2014
Curso teórico e demonstrativo em Agricultura Orgânica - Módulo II
Indaiatuba e Serra Negra - SP
27/09/2014
Curso teórico e demonstrativo em Agricultura Orgânica - Módulo III
Indaiatuba e Serra Negra - SP

 
 
Palavra-chave
Busca Avançada