dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     19/08/2019            
 
 
    

Um dos principais pontos críticos da produção animal em regiões de clima quente se encontra na dificuldade de adaptação dos animais, muitas vezes de raças originadas de regiões de clima temperado, aos elevados valores e grandes oscilações das variáveis ambientais, principalmente da temperatura e umidade relativa do ar.

Uma maneira de contornar esse problema é fornecer certo grau de conforto e bem-estar aos animais para que os mesmos possam expressar, de maneira satisfatória, todo o seu potencial genético e produtivo. Para isso, é necessário que as instalações ou locais onde os animais serão alojados tenham condições de proporcionar, de maneira satisfatoria, um ambiente com conforto térmico, conforto sonoro, sem poluição do ar por gases e/ou poeira, além de possuir condições adequadas quanto aos aspectos sanitários e de tratamento de dejetos.

Sendo assim, torna-se imprescindível, sob o ponto de vista da concepção de instalações para criação de animais de alto desempenho produtivo, a elaboração de projetos cuidadosamente pensados, que levem em consideração as características ambientais da região, os quesitos de bem-estar dos animais e acima de tudo as exigências térmicas dos usuários em questão. Estas exigências dizem respeito às faixas de conforto térmico dos animais, ou seja, a região termoneutra e os limites, inferior e superior, de estresse térmico por frio e calor, respectivamente.

Conhecendo-se as exigências dos usuários destas instalações é possível direcionar o projeto para que se possa atender todas as necessidades dos animais e obter assim um melhor desempenho produtivo. Na elaboração de instalações eficientes e funcionais existe uma interação muito grande de variáveis, tais como os componentes da construção, os materiais a serem utilizados, a orientação da mesma, sua geometria, a forma de ocupação e o conforto térmico que o animal ocupante necessitará para ter um desempenho ideal.

A utilização de materiais isolantes, tipos de coberturas com telhas especiais, que absorvam menos calor, instalações mais abertas, com orientação correta e com pé direito mais alto, privilegiando a ventilação natural, são medidas acessíveis e relativamente fáceis de serem empregadas e que terão um impacto direto no ambiente interno das instalações. A utilização de sobreamento natural ou artificial também é de fundamental importancia quando se analisa sistemas de criação ao ar livre ou em regime de semi-confinamento.

Para a maioria dos animais de produção não é tão comum encontrar referências de modelos de instalações prontos ou de recomendações relacionadas a ambiência e bem-estar, uma vez que mais recentemente é que pesquisas tem sido direcionadas para esse propósito. Sendo assim, as recomendações e pesquisas de instalações que sejam mais adequadas aos animais, bem como o estabelecimento de limites de conforto térmico ainda permanecem em andamento.

Assim, por hora, talvez a melhor recomendação a ser feita, no que se refere às instalações zootecnicas, seja a de unir características construtivas modernas, materiais de construção e tipos de coberturas isolantes, a projetos de instalações mais abertas, como orientação correta e pé direito suficientemente alto para proporcionar e garantir uma boa circulação de ar no interior das mesmas. Para a situação de criação a pasto, o ideal e recomendável é que se disponibilize áreas de sombreamento natural ou artificial para que o animal possa se proteger do efeito direto do sol e das temperaturas mais elevadas durante as horas mais quentes do dia. Quanto a essa medida é importante destacar ainda que, no caso do sombreamento artificial, parâmetros como o tipo de cobertura, a altura da mesma e a área minima de sombra por animal, deverão ser levados em consideração para que os efeitos deste tipo de recurso sejam realmente significativos.
 

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Jefferson Gomes
06/02/2013 - 16:11
Gostei muito do texto. Sou estudande de Zootecnia e sei o quão são importantes as instalações de boa qualidade.

Para comentar
esta matéria
clique aqui
1 comentário

Construções Rurais e Ambiência - Artigos já Publicados

Importância da ambiência na mecanização agrícola
26/04/2016

Operações pré-abate na piscicultura
20/08/2013

A qualidade do ar nas instalações zootécnicas
02/08/2013

O que é Ambiência Agrícola?
22/07/2013

A importância das variáveis fisiológicas no monitoramento do bem-estar animal
02/05/2013

Termografia como ferramenta de monitoramento do bem-estar animal
21/02/2013

Ambiência e bem-estar no pré-abate de suínos
19/07/2012

Sistemas agrossilvipastoris e o bem-estar de ovinos
30/05/2012

Ambiência e bem-estar animal na equideocultura
17/04/2012

A Avicultura e a Ambiência na Região Nordeste do Brasil
05/03/2012

A importância do bem-estar no pré-abate de ovinos e caprinos
04/01/2012

Importância da ambiência no transporte de alevinos de tilápia
03/08/2011

A importância do comportamento animal na ambiência
01/06/2011

O impacto das variáveis ambientais
11/02/2011

Conteúdos Relacionados à: Pecuária
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada