dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     24/10/2014            
 
 
    
Segurança em Operações com Maquinário    
Estrutura de proteção ao capotamento e o uso do cinto de segurança
Redução dos riscos para o condutor
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Leonardo de Almeida Monteiro, Viviane Castro dos Santos, Wesley Araújo da Mota e Eduardo Santos Cavalcante
18/01/2012

Os sistemas de proteção do condutor ao capotamento nos tratores agrícolas são constituídos de uma estrutura denominada Estrutura de Proteção ao Capotamento (EPC), podendo ser em forma de quatro ou somente dois apoios, conforme Figura 1 e do cinto de segurança.

A estrutura de proteção ao capotamento é uma estrutura instalada diretamente sobre o trator, que tem como finalidade evitar ou limitar os riscos para o condutor em caso de tombamento do mesmo durante a utilização.

  
A eficiência do sistema de proteção ao capotamento doe um trator é estabelecida com o uso do cinto de segurança, caso o operador não esteja utilizando o cinto de segurança no momento do acidente ele poderá ser arremessado e acabar sendo esmagado pela própria estrutura de proteção ou mesmo o próprio trator Figura 2.
 
 
O cinto de segurança de um trator tem a função de garantir a adequada fixação do condutor, para que o mesmo possa estar dentro da zona de segurança durante o capotamento ou durante qualquer outro tipo de acidente. Porém, a estrutura do cinto permite uma adequada mobilidade para desenvolver seu trabalho corretamente em condições normais, Figura 3.
 
 
O cinto de segurança segundo a Norma MERCOSUL ISSO 6683:2007 corresponde: ao cinto, tensor de comprimento, retrator e meios para fixação de uma ancoragem (ponto de fixação para transferir forças aplicadas ao conjunto de cinto de segurança à estrutura da máquina), que se prende através da área pélvica do operador a fim de promover imobilização da pélvis durante condições de operação e capotagem. Sendo de grande importância, o material do cinto deve ter uma largura mínima de 45 mm, sendo que seu comprimento deve ser ajustado a cada operador, o tecido do cinto deve ter resistência à abrasão, temperatura, ácidos leves, álcalis, bolores, envelhecimento, umidade e luz solar igual ou melhor do que a da fibra de poliéster sem tratamento.
 
Segundo a NR 31, só devem ser utilizados máquinas e equipamentos móveis motorizados que tenham estrutura de proteção ao capotamento e dispor de cinto de segurança.
 
De acordo com o Substitutivo ao projeto de lei nº 532, de 2003 que determina a instalação de estrutura ao capotamento e outros equipamentos de segurança em tratores e máquinas agrícolas que especifica. 
 
Art. 1º Os tratores, plantadoras, colhedoras, pulverizadores e demais máquinas agrícolas automotrizes, fabricadas no País ou importadas, deverão, obrigatoriamente, dispor de cinto de segurança e estruturas para a proteção do operador contra esmagamento, em caso de capotagem ou tombamento.
 
Parágrafo Único. Ficam excluídos desta exigência os tratores e máquinas agrícolas com bitola inferior à 1.150mm (Um mil, cento e cinquenta milímetros).
 
Art. 2º Os tratores e máquinas agrícolas mencionados no caput do art. 1º desta Lei deverão dispor de protetores auriculares para uso do operador, e seus sistemas de escape de gases deverão estar dispostos de maneira a evitar o contato do operador com os mesmos, além de liberar a fumaça acima ou atrás do operador ou operadores, dirigindo-a para longe dos mesmos.
 
Art. 3º Os manuais e catálogos que acompanham os equipamentos a que se refere esta Lei deverão trazer informações, ilustradas, sobre a obrigatoriedade do uso dos equipamentos de proteção individual, sobre as consequências da exposição prolongada a altos níveis de ruído e sobre as limitações legais do tempo de exposição do trabalhador a ruídos. Essa lei entrou em vigor em 13 de novembro de 2006.
 
Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Portal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Marcelo Pires
22/08/2014 - 11:01
Confesso que estava com dúvida quanto ao uso do cinto em tratores (máquinas agrícolas, houve um treinamento na Empresa que eu trabalho e o instrutor colocou medo nos operadores, dizendo que se o trator tombar eles poderia ser esmagados sentados no bando do trator.

Para comentar
esta matéria
clique aqui
1 comentário

Segurança em Operações com Maquinário - Artigos já Publicados

Uso de protetor auricular ou earplug
06/06/2013

Segurança na operação de tratores agrícolas
15/10/2012

Riscos associados à operação com tratores agrícolas
04/07/2012

Riscos associados ao manejo do trator durante a condução
16/05/2012

Riscos associados à manutenção do trator
09/04/2012

Condução de tratores em vias públicas
28/11/2011

Medidas de prevenção e proteção com polias
14/10/2011

Acidentes com tratores agrícolas - parte III
30/03/2011

Acidentes com tratores agrícolas - Parte II
04/02/2011

Acidentes com tratores agrícolas - parte I
05/01/2011

Conheça seus limites
30/11/2010

Riscos na utilização de mecanismos de engrenagens
26/10/2010

Estruturas de proteção ao capotamento
23/09/2010

Questões polêmicas dos pneus agrícolas
30/06/2010

Acidentes com tratores agrícolas
26/05/2010

Caracterização dos acidentes com tratores
27/04/2010

Acidentes com tratores agrícolas: O que fazer?
30/03/2010

Influência da Pressão de Inflação dos Pneus no Desempenho do trator
24/02/2010

Aplicações dos tipos construtivos dos pneus agrícolas
13/01/2010

Outras características construtivas dos pneus agrícolas
22/12/2009

Características Construtivas dos Pneus Agrícolas
08/12/2009

Conteúdos Relacionados à: Manejo
Palavras-chave

 
29/10/2014
V Seminário Sobre Segurança e Saúde na Agricultura
Jundiaí - SP
03/11/2014
27ª Reunião Anual do Instituto Biológico - RAIB
São Paulo - SP
04/11/2014
2º Simpósio Internacional sobre Magnésio na Agricultura, Qualidade dos Alimentos e Saúde Humana
São Paulo - SP
04/11/2014
XII Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste
Natal - RN
18/11/2014
Simpósio Nacional de Instrumentação Agropecuária (SIAGRO)
São Carlos - SP
19/11/2014
Agroecol2014
Dourados - MS
19/11/2014
Agroecol 2014
Dourados - MS
24/11/2014
V Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental
Belo Horizonte - MG
05/05/2015
IV SIGERA - Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais
Rio de Janeiro - RJ
23/11/2015
6º Simpósio de Restauração Ecológica
São Paulo - SP

30/10/2014
Encontro de Inovação e Atualização Tecnológica no Cultivo de Hortaliças
Piracicaba - SP
24/11/2014
Curso Aspiração folicular e manipulação de oócitos bovinos
Coronel Pacheco - MG

 
 
Palavra-chave
Busca Avançada