dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     11/08/2020            
 
 
    
Silvicultura    
Embrapa seleciona espécies arbóreas para mercado moveleiro
Acacia mangium, Casuarina, Chichá do Pará, Paricá, Sobrasil, Marupá e dois tipos Eucalipto foram escolhidas para plantio pré-comercial
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Ricardo Moura e Verônica Freire, Embrapa Agroindústria Tropical
03/06/2013

O projeto “Teste e seleção de espécies arbóreas para a indústria do polo moveleiro de Marco (CE)” - uma ação conjunta da Embrapa Agroindústria Tropical (Fortaleza-CE) e da Embrapa Florestas (Colombo-PR) com recursos financeiros da Adece e Banco do Nordeste, e apoio do Dnocs, Sindmóveis e Fiec - selecionou oito espécies para plantios pré-comerciais.

De acordo com a pesquisadora Diva Correia, as plantas escolhidas foram as que apresentaram melhor desempenho e adaptação em relação às 39 espécies e mais sete clones de híbridos de Eucalyptus testados em uma área do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), na zona rural do município cearense de Acaraú, próximo a Marco.

Pesquisas com testes e seleção começaram com 39 espécies arbóreas

Foram selecionadas as seguintes espécies para a terceira fase do projeto: Acacia mangium, Casuarina (Casuarina equisetifolia), Chichá do Pará (Sterculia excelse), Paricá (Schizolobium amazonicum), Sobrasil (Colubrina glandulosa), Marupá (Simarouba amara), e dois clones de híbridos de Eucalyptus (E.urophylla x E.grandis).

A etapa de plantio pré-comercial (fase III do projeto) deve ter início em junho. Nessa terceira fase, serão necessários, ainda, testes de validação de manejo, qualidade da madeira e beneficiamento. O Dnocs acenou positivamente com a cessão de um terreno de 16 hectares no Perímetro Irrigado Baixo Acaraú para a realização da terceira fase do projeto.

Sobre o projeto Desenvolvido desde 2010, o projeto objetiva selecionar espécies florestais com maior produtividade e melhor qualidade da matéria-prima para a indústria do polo moveleiro do município de Marco, oitavo produtor do setor no País. As 28 indústrias moveleiras da cidade consomem mensalmente aproximadamente mil metros cúbicos de madeira proveniente das regiões Norte, Sul e Sudeste.

A intenção do projeto é avaliar ainda perspectivas de produção da matéria-prima na região, fortalecendo a principal atividade econômica de Marco. O desafio dos pesquisadores é selecionar espécies e/ou híbridos de Eucalyptus viáveis às condições da região: solo arenoso e clima quente com ventos que favorecem o tombamento das árvores.

A pesquisa se divide em três fases de execução: eliminatória, com 39 espécies mais sete clones de híbridos de Eucalyptus plantados; coleta e análise de dados, determinação de espécies e/ou híbridos para uso na fase III; e, finalmente, plantio pré-comercial.

Para mais informações: (85) 3391-7117

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Floresta
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada