dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     06/08/2020            
 
 
    

A batata está em quarto lugar entre os alimentos mais consumidos no mundo, perdendo apenas para o arroz, o trigo e o milho. Nativa do Peru, onde existem centenas de variedades, a batata foi levada para a Europa após a chegada dos espanhóis no século XVI. Pelo seu sabor e qualidade alimentícia, conquistou o paladar europeu a ponto de hoje ser considerada a base da alimentação em muitos países do velho continente, de onde se espalhou pelo mundo. No Brasil o tubérculo vem conquistando cada vez mais os consumidores, tanto para o produto in natura como para o processado, sendo Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte os principais mercados.

Dispondo de um consumo crescente, o produtor brasileiro de batata enfrenta normalmente dois grandes problemas que dificultam o aumento de produtividade de suas lavouras: a Requeima e a Pinta Preta. Doenças que mais atacam e prejudicam a cultura da batata e que têm como agentes causais os fungos Phytophthora infestans e a Alternaria solani, respectivamente.

A Requeima ou Mela, como também é conhecida, causa necrose das partes diretamente afetadas: folhas, ramos e tubérculos. Seu nome vem do aspecto de queimado que caracteriza a batata atacada. A doença ataca preferencialmente tecidos jovens e pode comprometer toda parte aérea da planta. Seus sinais são fáceis de identificar, pois nas partes afetadas forma-se um mofo pulverulento e esbranquiçado. Lesões inicialmente pequenas e irregulares surgem nos folíolos (subdivisões das folhas) com coloração verde-claro a verde-escuro, que podem aumentar rapidamente tornando-se escuras, amarronzadas ou pretas, necrosando os tecidos e matando os folíolos.

 "Nas partes afetadas forma-se um mofo pulverulento e esbranquiçado."

 Já a Pinta Preta se caracteriza pela formação de lesões circulares concêntricas e de cor escura nas folhas e nos ramos da batata. O surgimento se dá com a formação de manchas pequenas entre 1 e 2 mm, a partir das quais se desenvolvem lesões castanho-escuras, dentro das quais se formam os conídios. Em plantas adultas, os sintomas aparecem primeiramente nas folhas mais velhas e evoluem para as partes mais novas da planta, acarretando grandes prejuízos de natureza qualitativa e quantitativa. O fungo sobrevive nos restos da cultura e infecta outros plantios como o tomate e a berinjela. A doença também é transmitida por batata semente contaminada.

 "A Pinta Preta se caracteriza pela formação de lesões circulares concêntricas e de cor escura."

O produtor deve ficar atento, principalmente com a Requeima, pela rapidez de sua disseminação, pois a doença é altamente destrutiva e pode comprometer completamente a produção em poucos dias. A evolução dos sintomas varia de acordo com as condições de temperatura, umidade relativa, intensidade luminosa e resistência do hospedeiro. A doença prolifera em temperaturas amenas, entre 12 a 20°C e com alta umidade. Portanto, períodos de forte neblina e de chuvas constantes são ideais para o aparecimento da Requeima. A disseminação é feita por vento, chuvas, insetos, restos de cultura e através de tubérculos doentes.

A Pinta Preta necessita de temperaturas mais elevadas, entre 24 a 34°C, e alta umidade do ar para se disseminar. A doença pode causar sérios danos, com intensa redução da área foliar, queda do vigor das plantas, depreciação de tubérculos e conseqüente redução do potencial produtivo. Os prejuízos usuais das lavouras giram em torno de 10 a 50%, mas sob condições de calor e umidade prolongada as perdas podem chegar a 70%, nos períodos de maior ocorrência da doença, em regiões com alta pressão, como o Sul de Minas Gerais e o Centro-Oeste.

Assim, para o produtor alcançar bons resultados com a produção de batata é necessário realizar um monitoramento climático constante, com o controle das doenças, evitando o plantio em locais sujeitos ao acúmulo de umidade, tendo em vista que não existe cultivares resistentes à Requeima e à Pinta Preta. A maior dificuldade de controle advém da disseminação das estruturas de reprodução das doenças principalmente pelo vento, o que leva todas as regiões produtoras a serem afetadas.

Para um controle eficaz, com objetivo de evitar que a lavoura se transforme em uma “batata quente” na mão do produtor, a orientação é seguir um rigoroso programa de aplicação de fungicidas protetores e específicos, desde o início do desenvolvimento da cultura até a colheita. No caso da Requeima, devido sua alta virulência, as aplicações devem ser sempre de caráter preventivo. Existem produtos específicos para cada uma das doenças em questão, que devem ser utilizados em conjunto com outros de ação geral. A recomendação é sempre consultar um engenheiro agrônomo que poderá indicar a melhor opção para cada caso.


Outras doenças que afetam o cultivo de batata

A Canela Preta ocorre com a planta em estágio vegetativo enquanto que a Podridão Mole é um ataque aos t

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Sanidade Vegetal - Artigos já Publicados

Fernanda Cristina Juliatti
Mofo branco em soja: danos causados e alternativas para o manejo da doença
07/05/2012

BASF
Multiplicando grãos dourados
26/01/2012

Ihara
Controle da mancha de ramulária (Ramularia areola) do algodoeiro
19/01/2012

Bayer CropScience
Período de estiagem: alerta para a infestação de ácaros nas lavouras de soja
12/01/2012

Bayer CropScience
Novos desafios para o manejo de lagartas na cultura de soja
15/12/2011

Ihara
Mofo Branco: plantio de soja merece atenção ao avanço do patógeno
08/12/2011

BASF
Agricultura 2.0
10/11/2011

Bayer CropScience
Umidade e temperaturas baixas: sinal de alerta para o produtor de batatas
18/10/2011

IHARA
Utilização de maturadores na cultura da cana-de-açúcar em final de ciclo
11/10/2011

Ihara
Desequilíbrio de ácaros do cafeeiro
22/09/2011

BASF
Quebra de dormência em macieira
15/09/2011

Bayer CropScience
Efeito ‘Força Anti-Stress’ na safra verão
25/08/2011

IHARA
Spodoptera no tomate industrial
16/08/2011

BASF
Manejo de doenças do trigo e lançamentos BASF
28/07/2011

Ihara
Patógenos: um desafio à qualidade sanitária da semente
21/07/2011

Bayer CropScience
Nematóides no milho safrinha
14/07/2011

Bayer CropScience
Trigo com produtividade e qualidade
09/06/2011

AgroPlan-UFV
Controle alternativo de pulgões
07/06/2011

Bayer CropScience
Controle do greening: manejos regional e local
17/05/2011

BASF
Inovações tecnológicas: Sistema de Produção Clearfield ® Arroz
12/05/2011

Bayer CropScience
Citricultura: controle do ácaro da falsa ferrugem
05/04/2011

BASF
Produtos biológicos complementam o manejo de pragas e doenças
25/03/2011

AgroPlan-UFV
Reforma no Código Florestal ameaça nossas florestas
10/03/2011

Bayer CropScience
Manejo de lagartas na cultura da soja
03/03/2011

BASF
Mercado legal de sementes é aliado para aumento de produtividade
17/02/2011

BAYER
Manejo de doenças na cultura da soja
27/01/2011

AgroPlan - UFV
Controle de pragas com biopesticidas
27/12/2010

Syngenta
Cana alimenta o modelo energético do futuro
23/12/2010

BASF
Barter garante tranquilidade para o cafeicultor
21/12/2010

Bayer CropScience
Manejo e controle de cigarrinhas das raízes na cana-de-açúcar
20/12/2010

Basf
Tratamento industrial de sementes
17/11/2010

Bayer CropScience
Manejo de doenças no milho
16/11/2010

Basf
Setor sucroenergético se mobiliza em prol da sustentabilidade
20/10/2010

Bayer CropScience
Nematóide em soja
15/10/2010

Bayer CropScience
Controle da cochonilha-da-roseta no café Conilon
29/09/2010

Bayer CropScience
Manejo de doenças em cereais de inverno
13/09/2010

Syngenta
Pulgão provoca alerta nas lavouras de milho no planalto do Parecis
04/08/2010

Bayer CropScience
Plantas daninhas resistentes no Brasil
02/08/2010

Bayer CropScience
Manejo de plantas daninhas na cultura do milho
09/07/2010

Syngenta
A agricultura e as mudanças climáticas
05/07/2010

Bayer CropScience
Manejo de plantas daninhas no sistema inverno/verão
30/06/2010

Arysta
Clima chuvoso e quente favorece surgimento de Greening nos pomares paulistas
10/06/2010

Bayer CropScience
Controle de requeima na cultura tomateira
04/06/2010

Syngenta
Para uma safra mais produtiva
25/05/2010

Bayer CropScience
Requeima (Phytophthora infestans) em batata e tomate
20/05/2010

Bayer CropScience
O uso de maturadores na cultura do café
20/04/2010

Arysta
Aplicação de amicarbazone para controle eficiente da Brachiaria decumbens
13/04/2010

Syngenta
Percevejo ataca o milho no Sul de Minas Gerais
09/04/2010

Syngenta
Pulgão provoca alerta nas lavouras de milho no Planalto do Parecis
25/03/2010

Basf
Uso de fungicidas em arroz irrigado
18/03/2010

Bayer Cropscience
Manejo de Lagartas na Cultura da Soja
12/03/2010

Milenia Agrociências
Manejo correto pode reduzir os custos dos defensivos no plantio da soja em até 35%
05/03/2010

Arysta LifeScience
Alternativas à resistência de plantas daninhas a herbicidas
02/03/2010

Basf
Aplicações de Cabrio Top® e o aumento da concentração da arginina e do nitrogênio na videira
19/02/2010

Bayer CropScience
Florescimento deve trazer prejuízos para a cana-de-açúcar na safra 2010/2011
05/02/2010

Arysta LifeScience
Chuvas demandam aplicação mais efetiva de defensivos nas lavouras de hortaliças
27/01/2010

Milenia Agrociências
Peculiaridades da agricultura brasileira desafiam empresas de agroquímicos
25/01/2010

Bayer CropScience
Brasil pode sofrer forte epidemia da ferrugem da soja
21/12/2009

Basf
Yield Max e as aplicações de defensivos na soja
21/12/2009

Syngenta
Diagnóstico e soluções para a cercosporiose do milho
08/12/2009

Basf
Serviço Digilab dá suporte ao produtor e ambiente
17/11/2009

Milenia Agrociências
Sistema de trocas beneficia produtor
11/11/2009

Bayer CropScience
Manejo de buva resistente
05/11/2009

Conteúdos Relacionados à: Sanidade Vegetal
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada