dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     23/10/2020            
 
 
    
Pastagem      
Sustentabilidade: uso racional de herbicidas e áreas de pastejo
Benefí­cios ambientais e econômicos do manejo adequado de defensivos em pastagens
Ouça a entrevista Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Nivea Schunk
06/08/2012

Os benefícios ambientais e econômicos do manejo adequado de defensivos serão discutidos durante o II Simpósio de Sustentabilidade e Ciência Animal, que começa hoje, na Universidade de São Paulo. Gerente comercial da divisão especialidades da Milênia Agrociências, Ricardo José Frugis, vai palestrar acerca das vantagens do uso racional de herbicidas, em relação aos modelos de roçada manual e mecânica para controlar o desenvolvimento de plantas daninhas nas pastagens. De corte superficial, esses métodos não eliminam o sistema radicular das invasoras, permitindo a rebrota, encarecendo e dificultando o controle do problema um pouco mais a cada ano.



O palestrante destaca os avanços no controle químico fitossanitário como fatores fundamentais para o aumento da produção de forrageiras. À medida que diminui a necessidade de abrir novas áreas de pastagens, as técnicas reduzem também o nível de exposição da propriedade a diversos problemas ambientais. Aplicando o herbicida adequadamente é possível colocar mais cabeças por hectare e preservar o meio-ambiente.

— Nossa fábrica produz dentro dos princípios de sustentabilidade, temos certificação ambiental e treinamento constante para o uso seguro desses produtos através da utilização de equipamentos de proteção individual. Outro aspecto muito positivo é a associação ao Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias, que recolhe em média 24 mil toneladas de embalagens vazias por meio de 399 unidades de recebimento— conta ele.

A empresa oferece um pacote completo de aplicação de insumos, disponibilizando uma assistência técnica especializada em todo o Brasil. Equipes compostas por engenheiros agrônomos e técnicos agrícolas visitam as fazendas para identificar a planta invasora e recomendar o uso adequado dos agroquímicos. O acompanhamento dessas pulverizações e a disponibilização de máquinas especializadas também estão entre os serviços prestados aos produtores. A exemplo das operações de compra já realizadas com soja, milho e açúcar, a Milênia está lançando uma novo modelo de comercialização, que troca herbicidas por arroubas de boi.
 

Clique aqui, ouça a íntegra da entrevista concedida com exclusividade ao Jornal Dia de Campo e saiba mais detalhes da tecnologia.
Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Defensivos
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada