dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     28/02/2020            
 
 
    

A diminuição do rendimento na cultura do milho devido à competição estabelecida com as plantas daninhas pode atingir até 70%, dependendo da espécie, do estádio fenológico da cultura, do grau de infestação, do tipo de solo e das condições climáticas reinantes no período. Isso ocorre porque as plantas daninhas competem diretamente com a lavoura por fatores básicos para sobrevivência como água, nutrientes e luz.

As principais plantas daninhas que afetam esta cultura são: capim-colchão (Digitaria horizontalis), capim-marmelada (Brachiaria plantaginea), capim-carrapicho (Cenchrus echinatus), capim-pé-de-galinha (Eleusine indica), grama seda (Cynodon dactylon), tiririca (Cyperus rotundus), capim colonião (Panicum maximum), capim massambará (Sorghum halepense), caruru (Amarathus ssp), corda-de-viola (Ipomoea spp.), beldroega (Portulacca oleracea), guanxuma (Sida spp.), carrapicho-de-carneiro (Acanthospermum hispidum), falsa-serralha (Emilia sonchifolia), amendoim bravo (Euphorbia heterophylla), poia-branca (Richardia brasiliensis) (Victoria Filho, 1990).

Para controlá-las é importante conhecer o período crítico de prevenção da interferência (PCPI), que representa a época na qual efetivamente a cultura deve ser mantida na ausência das plantas daninhas, pois é a época em que ambas estão disputando os recursos do meio (Pitelli, 1985). O PCPI pode ser contado em dias após a emergência (a partir do 28º) ou considerando-se os estádios fenológicos do milho, isto é, a partir da emissão da quinta folha, onde a presença de plantas daninhas poderá acarretar perdas significativas de produção.

Ao conhecer o PCPI, o produtor pode lançar mão do manejo integrado, importante recurso no controle das plantas daninhas.  Outro aspecto importante é oferecer condições para que a colheita mecanizada tenha a máxima eficiência, e assim evitar a proliferação das mesmas, garantindo a produção de milho nas safras seguintes (Karam & Melhorança, 2000).

Ao usar algum método de controle de plantas infestantes na cultura do milho deve-se saber que os principais objetivos são:

  • Evitar perdas devido à competição: é importante entender que os danos podem variar de acordo com fatores como a safra e a propriedade, pois a cada ano as condições climáticas são diferentes e em cada lavoura há variações de solo, população de plantas daninhas, sistemas de manejo (rotação de culturas, plantio direto), entre outros.
     
  • Beneficiar as condições de colheita: além de evitar a competição inicial, os métodos de controle de plantas daninhas trazem benefícios também para a colheita. As plantas daninhas que eventualmente germinam e crescem após o período crítico de competição não acarretam perdas na produção, mas podem causar problemas posteriores. Por exemplo, quando realizada em lavouras com alta infestação de corda-de-viola (Ipomoea sp.), a colheita mecânica pode ser inviabilizada, pois a máquina não consegue operar devido ao embuchamento dos componentes da plataforma de corte.
     
  • Evitar o aumento da infestação: ao terminar a colheita, a terra deve ser conservada para as próximas safras. Se o solo é deixado em pousio, as plantas daninhas produzirão sementes e, se nada for feito para evitar, o número destas plantas na lavoura vai aumentar significativamente a cada ano e diminuir a produção de milho.

Os métodos de manejo devem aliar a eficiência técnica e econômica do método escolhido e o momento de maior suscetibilidade das espécies-alvo, além de propiciar a otimização do desenvolvimento e da produtividade da cultura de milho. Os métodos de controle podem ser associados para proporcionar melhores resultados e os mais utilizados são os controles preventivo, cultural, mecânico (capina manual ou capina mecânica) e químico com herbicida (Lages, 2004).

A Bayer CropScience oferece aos produtores de milho o Soberan, único herbicida do mercado capaz de controlar o mato que compete com a lavoura, sem prejudicar as plantas de milho. Sua ação ocorre rapidamente, com apenas uma aplicação. Herbicida de alta performance, o produto é sistêmico e controla, em pós-emergência, plantas daninhas de folhas estreitas e de folhas largas.

O Soberan pode ainda ser utilizado em qualquer tipo de milho grão, incluindo os cultivares para pipoca, doce e ceroso. Estudos realizados por reconhecidos órgãos de pesquisa, como a Fundação ABC, a Embrapa Milho e Sorgo e o Instituto Biológico de Campinas, apontaram que Soberan não causa danos às plantas de milho, controlando apenas o mato.

À esquerda uma área com mato-competição e à direita sem mato-competição, devido o uso do herbicida Soberan, da Bayer CropScience.


Foto que ilustra, no momento da colheita, área sem o manejo de plantas daninhas (esquerda) e com manejo de plantas daninhas (direita).

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
jadeu
19/09/2014 - 15:27
mais ou menos mais ou menos da pr
o gasto

Para comentar
esta matéria
clique aqui
1 comentário

Sanidade Vegetal - Artigos já Publicados

Fernanda Cristina Juliatti
Mofo branco em soja: danos causados e alternativas para o manejo da doença
07/05/2012

BASF
Multiplicando grãos dourados
26/01/2012

Ihara
Controle da mancha de ramulária (Ramularia areola) do algodoeiro
19/01/2012

Bayer CropScience
Período de estiagem: alerta para a infestação de ácaros nas lavouras de soja
12/01/2012

Bayer CropScience
Novos desafios para o manejo de lagartas na cultura de soja
15/12/2011

Ihara
Mofo Branco: plantio de soja merece atenção ao avanço do patógeno
08/12/2011

BASF
Agricultura 2.0
10/11/2011

Bayer CropScience
Umidade e temperaturas baixas: sinal de alerta para o produtor de batatas
18/10/2011

IHARA
Utilização de maturadores na cultura da cana-de-açúcar em final de ciclo
11/10/2011

Ihara
Desequilíbrio de ácaros do cafeeiro
22/09/2011

BASF
Quebra de dormência em macieira
15/09/2011

Bayer CropScience
Efeito ‘Força Anti-Stress’ na safra verão
25/08/2011

IHARA
Spodoptera no tomate industrial
16/08/2011

BASF
Manejo de doenças do trigo e lançamentos BASF
28/07/2011

Ihara
Patógenos: um desafio à qualidade sanitária da semente
21/07/2011

Bayer CropScience
Nematóides no milho safrinha
14/07/2011

Bayer CropScience
Trigo com produtividade e qualidade
09/06/2011

AgroPlan-UFV
Controle alternativo de pulgões
07/06/2011

Bayer CropScience
Controle do greening: manejos regional e local
17/05/2011

BASF
Inovações tecnológicas: Sistema de Produção Clearfield ® Arroz
12/05/2011

Bayer CropScience
Citricultura: controle do ácaro da falsa ferrugem
05/04/2011

BASF
Produtos biológicos complementam o manejo de pragas e doenças
25/03/2011

AgroPlan-UFV
Reforma no Código Florestal ameaça nossas florestas
10/03/2011

Bayer CropScience
Manejo de lagartas na cultura da soja
03/03/2011

BASF
Mercado legal de sementes é aliado para aumento de produtividade
17/02/2011

BAYER
Manejo de doenças na cultura da soja
27/01/2011

AgroPlan - UFV
Controle de pragas com biopesticidas
27/12/2010

Syngenta
Cana alimenta o modelo energético do futuro
23/12/2010

BASF
Barter garante tranquilidade para o cafeicultor
21/12/2010

Bayer CropScience
Manejo e controle de cigarrinhas das raízes na cana-de-açúcar
20/12/2010

Basf
Tratamento industrial de sementes
17/11/2010

Bayer CropScience
Manejo de doenças no milho
16/11/2010

Basf
Setor sucroenergético se mobiliza em prol da sustentabilidade
20/10/2010

Bayer CropScience
Nematóide em soja
15/10/2010

Bayer CropScience
Controle da cochonilha-da-roseta no café Conilon
29/09/2010

Bayer CropScience
Manejo de doenças em cereais de inverno
13/09/2010

Syngenta
Pulgão provoca alerta nas lavouras de milho no planalto do Parecis
04/08/2010

Bayer CropScience
Plantas daninhas resistentes no Brasil
02/08/2010

Syngenta
A agricultura e as mudanças climáticas
05/07/2010

Bayer CropScience
Manejo de plantas daninhas no sistema inverno/verão
30/06/2010

Arysta
Clima chuvoso e quente favorece surgimento de Greening nos pomares paulistas
10/06/2010

Bayer CropScience
Controle de requeima na cultura tomateira
04/06/2010

Syngenta
Para uma safra mais produtiva
25/05/2010

Bayer CropScience
Requeima (Phytophthora infestans) em batata e tomate
20/05/2010

Bayer CropScience
O uso de maturadores na cultura do café
20/04/2010

Arysta
Aplicação de amicarbazone para controle eficiente da Brachiaria decumbens
13/04/2010

Syngenta
Percevejo ataca o milho no Sul de Minas Gerais
09/04/2010

Syngenta
Pulgão provoca alerta nas lavouras de milho no Planalto do Parecis
25/03/2010

Basf
Uso de fungicidas em arroz irrigado
18/03/2010

Bayer Cropscience
Manejo de Lagartas na Cultura da Soja
12/03/2010

Milenia Agrociências
Manejo correto pode reduzir os custos dos defensivos no plantio da soja em até 35%
05/03/2010

Arysta LifeScience
Alternativas à resistência de plantas daninhas a herbicidas
02/03/2010

Basf
Aplicações de Cabrio Top® e o aumento da concentração da arginina e do nitrogênio na videira
19/02/2010

Bayer CropScience
Florescimento deve trazer prejuízos para a cana-de-açúcar na safra 2010/2011
05/02/2010

Arysta LifeScience
Chuvas demandam aplicação mais efetiva de defensivos nas lavouras de hortaliças
27/01/2010

Milenia Agrociências
Peculiaridades da agricultura brasileira desafiam empresas de agroquímicos
25/01/2010

Basf
Requeima e Pinta Preta são batatas quentes na mão do produtor
21/01/2010

Bayer CropScience
Brasil pode sofrer forte epidemia da ferrugem da soja
21/12/2009

Basf
Yield Max e as aplicações de defensivos na soja
21/12/2009

Syngenta
Diagnóstico e soluções para a cercosporiose do milho
08/12/2009

Basf
Serviço Digilab dá suporte ao produtor e ambiente
17/11/2009

Milenia Agrociências
Sistema de trocas beneficia produtor
11/11/2009

Bayer CropScience
Manejo de buva resistente
05/11/2009

Conteúdos Relacionados à: Sanidade Vegetal
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada