dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     25/03/2019            
 
 
    

 

Como escolher corretamente os híbridos de milho para silagem

A seleção dos híbridos é o primeiro passo para se obter uma silagem com alta qualidade. Os híbridos para produção de silagem possuem características agronômicas especiais como a menor participação de fibras e conseqüente melhor digestibilidade e maior produção de grãos, componente este responsável pela energia da silagem.
Quando o plantio dos híbridos é combinado com adequadas práticas de manejo por meio de uma correta adubação, população de plantas, além de outras, com o processo de ensilagem, observando o período ideal de corte, tamanho das partículas, compactação, tempo de vedação, dentre outras, têm-se como resultado a produção de silagens de alta qualidade.

Neste contexto, o Sistema de Combinação de Híbridos torna-se ferramenta-chave no planejamento para produção de silagem de alta qualidade com maior produção de matéria verde (MV) e matéria seca (MS) com maior valor energético (NDT - Nutrientes Digestíveis Totais).  O Sistema de Combinação de Híbridos permite maior janela de corte criando um ambiente favorável para que a lavoura de milho seja cortada dentro da faixa ideal proporcionando um trabalho sem atropelos e maximizando a estrutura da propriedade.

Sistema de Combinação de Híbridos – Ampliando a Janela de Corte

De forma geral, o ponto ideal de corte se dá quando os grãos de milho atingem o estágio de farináceo-duro, momento em que a planta acumula a maior quantidade de matéria seca (MS) de melhor qualidade nutricional, podendo variar seus teores de MS entre 32% e 38%.

Neste estágio da lavoura, com 50% da linha do leite, colhe-se 95% dos grãos e 100% da forragem que o milho pode produzir. Na Tabela 1, verifica-se que quanto mais cedo se colhe o milho para silagem, menor é a participação de espigas e, por conseqüência menos grãos, o que produzirá uma silagem com teor de energia e qualidade abaixo da capacidade real da lavoura, simplesmente por uma decisão errada do momento de cortar a lavoura.


Esta prática, o corte antecipado da silagem, sob o ponto de vista econômico, implica no aumento dos custos de produção, pois silagens de baixo valor energético demandam maiores quantidades de concentrado na dieta para atender as exigências nutricionais dos animais.

A maneira mais eficiente de garantir que a lavoura será cortada no ponto ideal é ampliar a janela de corte através do uso do Sistema de Combinação de Híbridos. O plantio de diferentes híbridos com características especiais para silagem e com diferentes ciclos deve ser um recurso utilizado pelo agricultor.

Esta prática permite que a janela de corte seja o maior possível, aumentando a probabilidade de que o corte da lavoura seja feito dentro do melhor período, ou seja, entre 32% a 38% de MS (grão farináceo-duro ou 50% da linha do leite). Isso assegurará uma silagem com maior qualidade e com mais energia.

Observe no Gráfico 1, um exemplo do uso do Sistema de Combinação de Híbridos na ampliação da janela de corte, considerando que os híbridos foram plantados na mesma época/data.

 

De acordo com os dados apresentados, é possível afirmar que, em média, principalmente em função de condições ambientais como temperatura, o uso do Sistema de Combinação de Híbridos pode ampliar para 15 dias a janela de corte quando comparado ao uso de apenas um híbrido, podendo este período variar para mais ou para menos dependendo do acúmulo térmico de cada região. Veja que uma simples seleção e combinação de híbridos permite uma maior possibilidade de obter uma silagem de alta qualidade, reduzindo custos pela diminuição do uso de concentrados na dieta animal.

Este período de corte pode ser ainda maior caso o plantio seja escalonado, ou seja, faça a semeadura dos híbridos em diferentes épocas por meio de um seqüenciamento de plantio. No caso de plantios escalonados, o uso do Sistema de Combinação deve seguir as recomendações técnicas e de posicionamento dos híbridos. A época de plantio e, conseqüentemente, as condições ambientais exercem forte influência sobre o resultado da lavoura.

Caracterização dos Híbridos marca Pioneer para silagem

Na Tabela 2, estão apresentados os resultados obtidos pela Fundação ABC nas últimas três safras (2007/2008, 2008/20009 e 2009/2010) dos híbridos que compõem o Sistema de Combinação de Híbridos para a região Sul do Brasil. Chama a atenção o fato de que, na última safra, os híbridos foram avaliados na versão com a tecnologia YieldGard® - híbridos identificados com a letra Y e Herculex®I - híbridos identificados com a letra H e, como era esperado, mantiveram suas características originais.

De acordo com os resultados obtidos, pode-se observar que ao longo das safras, os dados de produtividade e qualidade, expressos em volume de matéria verde (MV), matéria seca (MS) e NDT (Nutrientes Digestíveis Totais), mantiveram-se dentro de elevados índices de produtividade e estabilidade. Estes dados reforçam a importância do uso do Sistema de Combinação de Híbridos como uma excelente estratégia para ampliar a janela de corte e a possibilidade de obter uma silagem com elevado volume, qualidade e estabilidade.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Sementes e Mudas - Artigos já Publicados

Wolf Seeds
O que as pessoas sabem sobre agronegócio?
17/11/2011

Wolf Seeds
Manejo de pastagem: recuperar ou reformar
04/10/2011

Pioneer
Práticas agronômicas que interferem na produção de silagem de milho
01/09/2011

Wolf Seeds do Brasil S/A
Perspectivas para a safra 2010/2011
11/08/2011

Wolf Seeds
Stylosanthes spp cv Campo Grande
19/07/2011

Wolf Seeds do Brasil
Época de compra de sementes forrageiras
14/06/2011

Wolf Seeds
Integração Lavoura Pecuária (ILP)
31/05/2011

Pioneer Sementes
A evolução da produtividade do milho no Brasil
26/05/2011

Wolf Seeds
Utilização dos adubos verdes
14/04/2011

Wolf Seeds
Nova praga das pastagens e cultivos
15/03/2011

Wolf Seeds
Alimentação e suplementação de bovinos
07/02/2011

Pioneer
Avanços tecnológicos da cultura do milho no Brasil
26/01/2011

Wolf Seeds
A utilização de Brachiaria brizantha cv. Marandu como palhada
10/01/2011

Wolf Seeds
Fósforo é essencial para o capim
09/12/2010

Pioneer
Mudança de conjuntura torna mercado do milho atrativo
03/12/2010

Wolf Seeds
A braquiária de VC 36% e a lei
09/11/2010

Wolf Seeds
Como melhorar a qualidade nutricional das forrageiras tropicais
11/10/2010

Wolf Seeds
A thithonia e o êxito com apoio da extensão
03/09/2010

Pioneer
Manejo da Soja com o gene Roundup Ready® no Brasil
09/08/2010

Pioneer
Sistema de solução completa Pioneer
26/07/2010

Wolf Seeds
Brachiaria Ruziziensis: uso e aplicações
07/07/2010

Wolf Seeds
A Hora da Pastagem
11/06/2010

Wolf Seeds
Época de compra de sementes forrageiras...
12/05/2010

Pioneer Sementes
Planejamento da soja precoce e milho safrinha no Brasil Central
29/03/2010

Wolf Seeds do Brasil S/A
Utilização de leguminosas nas práticas da adubação verde e rotação de culturas
16/03/2010

Pionner
Qualidade do Tratamento Industrial de Sementes Pioneer
03/03/2010

Wolf Seeds
Semente pirata pode sair caro...
11/02/2010

Pioneer Sementes
Pioneer disponibiliza Sistema de Solução Completa, para uma safrinha cheia de oportunidades
03/02/2010

Pioneer Sementes
Safrinha 2010, o que nos espera?
21/12/2009

Wolf Seeds
Utilização de forrageiras na Integração Lavoura-Pecuária
07/12/2009

Wolf Seeds
Plantio de sementes forrageiras
11/11/2009

Conteúdos Relacionados à: Armazenagem
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada