dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     13/10/2019            
 
 
    

Estudos recentes realizados pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), mostraram que as atividades agrícolas, em especial a utilização de máquinas agrícolas, estão entre as três atividades mais perigosas para os trabalhadores, sendo que para cada três acidentes ocorrido no meio rural, um ocasionou a incapacidade permanente do trabalhador. A operação com tratores e equipamentos agrícolas são as que oferecem os maiores riscos de acidentes. Os acidentes de trabalho representam enorme importância social e econômica, estudos estatísticos têm demonstrado a gravidade deste problema, seja pela incidência de acidentes, seja pela idade dos acidentados, seja pelas suas conseqüências.

O artigo 131 do Decreto no 2.172, de 05 de março de 1997, acidente de trabalho no meio rural é o que ocorre na realização do trabalho rural, a serviço do empregador, provocando lesão corporal, perturbação funcional ou doença que cause a morte ou redução permanente ou temporária da capacidade para o trabalho. De uma maneira geral, conforme expõem ZÓCCHIO (1971) e UNESP (1994), o acidente de trabalho no meio rural pode ser considerado como sendo todo o acontecimento que não esteja programado e que interrompa, por pouco ou muito tempo, a realização de um serviço, provocando perda de tempo, danos materiais e/ou lesão corporal. Neste sentido, o acidente é considerado grave quando resulta no afastamento do trabalhador rural da sua atividade produtiva por um período igual ou superior a 15 dias (UNESP, 1994).

Segundo MÁRQUEZ (1986), na Espanha e nos demais países europeus, aproximadamente 40% do total de acidentes ocorridos no setor agrário envolvem máquinas agrícolas e, destes, metade são devido ao uso do trator agrícola.

A utilização intensa de máquinas agrícolas ampliou consideravelmente os riscos a que estão sujeitos os trabalhadores rurais, e mais de 60% das mortes ocorridas em acidentes de trabalho no setor agrário são conseqüências da mecanização agrícola. Silva & Furlani (1999).

Vários estudos reportam a incidência de acidentes na agricultura, salientando dados como o envolvimento ou não das máquinas, tipo de trauma, idade dos acometidos e principalmente o modo de ocorrência, objetivando basicamente analisar e estabelecer  medidas de prevenção das lesões.  O trabalho agrícola é uma das ocupações de maior risco nos Estados Unidos da América, sendo que as máquinas estão envolvidas em grande parte dos acidentes (Lubicky, 2009).

Quanto à idade, refere-se o autor que 40% das mortes em crianças na zona rural são conseqüências de acidentes com máquinas agrícolas. Informações do Departamento de Agricultura (2008) daquele país, afirmam que acidentes com tratores, têm sido identificados como a principal causa de morte ou lesão incapacitante em trabalhadores rurais. Em trabalho semelhante, Douphrate et al (2009), referem-se que na zona rural dos EUA, os tratores são responsáveis por uma alta proporção de acidentes fatais ou não. Os autores ressaltam inclusive o modo de ocorrência das lesões, isto é, um grande número de acidentes acontece quando o trabalhador sobe ou desce da máquina.

No Brasil as principais causas de acidentes com tratores agrícolas são, falta de atenção durante a operação, treinamento e capacitação dos operadores e conscientização dos mesmos na operação da máquina.

A Norma Regulamentadora De Segurança E Saúde No Trabalho Na Agricultura, Pecuária, Silvicultura, Exploração Florestal E Aqüicultura – NR 31 (Portaria N.º 86, DE 03/03/05 - DOU DE 04/03/05), no parágrafo 31.12, que trata das máquinas e equipamentos agrícolas, determina que todos os tratores agrícolas devem ser equipados com diversos dispositivos de segurança que garantem a integridade física do operador desde que usados de maneira correta, dentre estes equipamentos podemos citar as estruturas de proteção ao capotamento (EPC), (Figura 1) que usadas em conjunto com o cinto de segurança, (Figura 2), protegem o operador de ser esmagado pelo trator quando este vier a tombar.

 

Figura 1 –Estruturas de Proteção ao Capotamento (EPC)

Figura 2 – Cinto de segurança

A ausência destes dispositivos de segurança aumenta significativamente os percentuais de morte por esmagamento do operador, (Figura 3).


Figura 3 – Ausência de Estruturas de Proteção ao Capotamento, risco iminente de esmagamento do Operador.
 

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
JESIO SIMÕES DOS SANTOS .. MINAS GRAIS... MG
04/01/2014 - 11:37
TODO CUIDADO É POUCO NA HORA QUE VAI DIRIGIR-SE A UMA MAQUINA PERIGOSA CM ESSA...... SEM PROTEÇÃO NÃO HÁ SALVAÇÃO.

Para comentar
esta matéria
clique aqui
1 comentário

Segurança em Operações com Maquinário - Artigos já Publicados

Uso de protetor auricular ou earplug
06/06/2013

Segurança na operação de tratores agrícolas
15/10/2012

Riscos associados à operação com tratores agrícolas
04/07/2012

Riscos associados ao manejo do trator durante a condução
16/05/2012

Riscos associados à manutenção do trator
09/04/2012

Estrutura de proteção ao capotamento e o uso do cinto de segurança
18/01/2012

Condução de tratores em vias públicas
28/11/2011

Medidas de prevenção e proteção com polias
14/10/2011

Acidentes com tratores agrícolas - parte III
30/03/2011

Acidentes com tratores agrícolas - Parte II
04/02/2011

Conheça seus limites
30/11/2010

Riscos na utilização de mecanismos de engrenagens
26/10/2010

Estruturas de proteção ao capotamento
23/09/2010

Questões polêmicas dos pneus agrícolas
30/06/2010

Acidentes com tratores agrícolas
26/05/2010

Caracterização dos acidentes com tratores
27/04/2010

Acidentes com tratores agrícolas: O que fazer?
30/03/2010

Influência da Pressão de Inflação dos Pneus no Desempenho do trator
24/02/2010

Aplicações dos tipos construtivos dos pneus agrícolas
13/01/2010

Outras características construtivas dos pneus agrícolas
22/12/2009

Características Construtivas dos Pneus Agrícolas
08/12/2009

Conteúdos Relacionados à: Máquinas
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada