dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     25/03/2019            
 
 
    

Nas últimas décadas, o melhoramento genético tem gerado sementes de alto valor agregado, com grande potencial produtivo e tecnologias que facilitam o manejo como BT e resistência ao herbicida glifosato. Este insumo biológico está sujeito a uma série de fatores que afetam a sua qualidade e microrganismos, como nematóides, bactérias, vírus e fungos estão entre os de maior preocupação.

A associação desses fatores pode gerar vários tipos de danos em sementes, como redução do poder germinativo e nível de vigor (perda de stand), plantas emergentes podem se tornar mais susceptíveis a estresses em geral, além de poder gerar uma consequência que afetará o sistema produtivo ao longo dos anos: o estabelecimento do patógeno na natureza através da transmissão pela semente e este, em condições favoráveis, estabelecer novas epidemias em plantas estabelecidas.

Essa introdução será um foco de inóculo e seu acúmulo pode exigir a prática re-semeadura.. Outra consequência é o aumento da necessidade de combate a doenças introduzidas nas áreas de plantio. No nível de produção de sementes, os principais efeitos são: formação de sementes anormais, redução no peso de sementes (produções menores) e, no caso de patógenos presentes nestas sementes quando comercializadas, a disseminação a longas distâncias, permitindo a perpetuação da doença em outras regiões.

Em relação ao beneficiamento, há a possibilidade de contaminação de máquinas durante o processamento. No caso de sementes armazenadas há a possibilidade da disseminação no tempo, perpetuando doenças entre gerações, situação na qual a sobrevivência do patógeno na semente pode durar vários anos, como no caso da Sclerotinia sclerotiorum, responsável pela doença conhecida como Mofo Branco, com relatos de sete anos de longevidade na semente.

Dentre os patógenos transmitidos por sementes, os fungos são o maior grupo, seguido de bactérias, vírus e nematóides.

O patógeno pode estar presente em mistura com a semente em alguma fração impura do lote, pode estar aderido à superfície da semente ou no interior da mesma, seja em camadas mais externas da semente ou até mesmo associadas ao embrião. As chances de transmissão são muito maiores quando a estrutura do patógeno se encontra localizada no interior da semente.

Para evitar ou combater este problema, algumas ferramentas podem ser adotadas. O uso de sementes de qualidade é fundamental. Sua produção tem início no manejo produtivo envolvendo a fase de campo, pós-colheita, armazenamento até a comercialização. Sementes certificadas são a garantia que estes processos foram realizados, o dá ao produtor a certeza de um lote de sementes de qualidade.

Outra tecnologia importante para garantir o potencial genético e proteger a semente no campo a fim de garantir plantas sadias na fase inicial de estabelecimento da lavoura é o tratamento dessa semente, com a incorporação de técnicas físicas, químicas e/ou biológicas. Dentre estas técnicas o tratamento químico está se tornando cada vez mais popular devido ao seu baixo custo em relação ao benefício atribuído. No caso da soja, por exemplo, na década de 90 apenas 5% da área era semeada com sementes tratadas. Atualmente 100% da área cultivada é semeada com sementes tratadas.

O tratamento químico de sementes, para o controle de doenças é feito através de produtos fitossanitários e os mais comumente utilizados são os fungicidas, que possuem ação tóxica sobre fungos, sendo que alguns podem possuir ação sobre bactérias. Algumas moléculas com efeito nematicida também estão disponíveis. Um cuidado a ser adotado é quanto ao uso apenas de produtos registrados, uma vez que foram regulamentados para este fim e atendem uma série de requisitos para o uso.

Outro cuidado é com a escolha do fungicida, que deve possuir a maior abrangência maior possível. A estratégia da escolha de um produto sistêmico combinado com um produto de contato é uma das estratégias mais eficazes. Convém ressaltar que o sucesso da lavoura depende de vários fatores e alguns deles não são controláveis. Mas, outros sim e a escolha correta de um dos insumos mais importantes - a semente - é o primeiro passo para uma safra rentável.

 

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Sanidade Vegetal - Artigos já Publicados

Fernanda Cristina Juliatti
Mofo branco em soja: danos causados e alternativas para o manejo da doença
07/05/2012

BASF
Multiplicando grãos dourados
26/01/2012

Ihara
Controle da mancha de ramulária (Ramularia areola) do algodoeiro
19/01/2012

Bayer CropScience
Período de estiagem: alerta para a infestação de ácaros nas lavouras de soja
12/01/2012

Bayer CropScience
Novos desafios para o manejo de lagartas na cultura de soja
15/12/2011

Ihara
Mofo Branco: plantio de soja merece atenção ao avanço do patógeno
08/12/2011

BASF
Agricultura 2.0
10/11/2011

Bayer CropScience
Umidade e temperaturas baixas: sinal de alerta para o produtor de batatas
18/10/2011

IHARA
Utilização de maturadores na cultura da cana-de-açúcar em final de ciclo
11/10/2011

Ihara
Desequilíbrio de ácaros do cafeeiro
22/09/2011

BASF
Quebra de dormência em macieira
15/09/2011

Bayer CropScience
Efeito ‘Força Anti-Stress’ na safra verão
25/08/2011

IHARA
Spodoptera no tomate industrial
16/08/2011

BASF
Manejo de doenças do trigo e lançamentos BASF
28/07/2011

Bayer CropScience
Nematóides no milho safrinha
14/07/2011

Bayer CropScience
Trigo com produtividade e qualidade
09/06/2011

AgroPlan-UFV
Controle alternativo de pulgões
07/06/2011

Bayer CropScience
Controle do greening: manejos regional e local
17/05/2011

BASF
Inovações tecnológicas: Sistema de Produção Clearfield ® Arroz
12/05/2011

Bayer CropScience
Citricultura: controle do ácaro da falsa ferrugem
05/04/2011

BASF
Produtos biológicos complementam o manejo de pragas e doenças
25/03/2011

AgroPlan-UFV
Reforma no Código Florestal ameaça nossas florestas
10/03/2011

Bayer CropScience
Manejo de lagartas na cultura da soja
03/03/2011

BASF
Mercado legal de sementes é aliado para aumento de produtividade
17/02/2011

BAYER
Manejo de doenças na cultura da soja
27/01/2011

AgroPlan - UFV
Controle de pragas com biopesticidas
27/12/2010

Syngenta
Cana alimenta o modelo energético do futuro
23/12/2010

BASF
Barter garante tranquilidade para o cafeicultor
21/12/2010

Bayer CropScience
Manejo e controle de cigarrinhas das raízes na cana-de-açúcar
20/12/2010

Basf
Tratamento industrial de sementes
17/11/2010

Bayer CropScience
Manejo de doenças no milho
16/11/2010

Basf
Setor sucroenergético se mobiliza em prol da sustentabilidade
20/10/2010

Bayer CropScience
Nematóide em soja
15/10/2010

Bayer CropScience
Controle da cochonilha-da-roseta no café Conilon
29/09/2010

Bayer CropScience
Manejo de doenças em cereais de inverno
13/09/2010

Syngenta
Pulgão provoca alerta nas lavouras de milho no planalto do Parecis
04/08/2010

Bayer CropScience
Plantas daninhas resistentes no Brasil
02/08/2010

Bayer CropScience
Manejo de plantas daninhas na cultura do milho
09/07/2010

Syngenta
A agricultura e as mudanças climáticas
05/07/2010

Bayer CropScience
Manejo de plantas daninhas no sistema inverno/verão
30/06/2010

Arysta
Clima chuvoso e quente favorece surgimento de Greening nos pomares paulistas
10/06/2010

Bayer CropScience
Controle de requeima na cultura tomateira
04/06/2010

Syngenta
Para uma safra mais produtiva
25/05/2010

Bayer CropScience
Requeima (Phytophthora infestans) em batata e tomate
20/05/2010

Bayer CropScience
O uso de maturadores na cultura do café
20/04/2010

Arysta
Aplicação de amicarbazone para controle eficiente da Brachiaria decumbens
13/04/2010

Syngenta
Percevejo ataca o milho no Sul de Minas Gerais
09/04/2010

Syngenta
Pulgão provoca alerta nas lavouras de milho no Planalto do Parecis
25/03/2010

Basf
Uso de fungicidas em arroz irrigado
18/03/2010

Bayer Cropscience
Manejo de Lagartas na Cultura da Soja
12/03/2010

Milenia Agrociências
Manejo correto pode reduzir os custos dos defensivos no plantio da soja em até 35%
05/03/2010

Arysta LifeScience
Alternativas à resistência de plantas daninhas a herbicidas
02/03/2010

Basf
Aplicações de Cabrio Top® e o aumento da concentração da arginina e do nitrogênio na videira
19/02/2010

Bayer CropScience
Florescimento deve trazer prejuízos para a cana-de-açúcar na safra 2010/2011
05/02/2010

Arysta LifeScience
Chuvas demandam aplicação mais efetiva de defensivos nas lavouras de hortaliças
27/01/2010

Milenia Agrociências
Peculiaridades da agricultura brasileira desafiam empresas de agroquímicos
25/01/2010

Basf
Requeima e Pinta Preta são batatas quentes na mão do produtor
21/01/2010

Bayer CropScience
Brasil pode sofrer forte epidemia da ferrugem da soja
21/12/2009

Basf
Yield Max e as aplicações de defensivos na soja
21/12/2009

Syngenta
Diagnóstico e soluções para a cercosporiose do milho
08/12/2009

Basf
Serviço Digilab dá suporte ao produtor e ambiente
17/11/2009

Milenia Agrociências
Sistema de trocas beneficia produtor
11/11/2009

Bayer CropScience
Manejo de buva resistente
05/11/2009

Conteúdos Relacionados à: Defensivos
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada