dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     22/10/2020            
 
 
    
Bovinos    
Novo produto contra ectoparasitas bovinos
Máximo potencializa ação de inseticidas e tem menor período de carência para abate e descarte do leite
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Kamila Pitombeira
27/10/2011

Existem alguns ectoparasitas que surgem com grande frequência na propriedade rural e acabam por acometer os bovinos. Entre eles, os principais causadores de grandes prejuízos são o carrapato, a mosca do chifre e o berne. Todos eles se alimentam de substância orgânica que o animal produz, sendo a principal delas o sangue, o que acaba provocando uma perda de produção por falta de nutrientes pelo animal. Segundo Leidson Martins, coordenador de marketing da linha pecuária Biovet, outro fato bastante importante é que os ectoparasitas causam incômodo aos animais, o que faz com que eles comam menos e se desenvolvam menos. Para combater o problema, a Biovet desenvolveu o Máximo, um produto destinado ao controle desses ectoparasitas que conta com período de carência reduzido e capacidade de potencializar a ação de inseticidas.

— Ele pode ser aplicado no dorso do animal ou através de pulverização. Nesse caso, ele é diluído em água e, posteriormente, aplicado no animal. Nas duas vias de aplicação, a ação do produto se dá quando o mesmo entra em contato com o ectoparasita, causando sua morte — afirma o coordenador.

De acordo com ele, o Máximo pertence a uma característica de produtos que associam piretróide com organofosforado. Existe ainda uma terceira substância usada que serve para potencializar a ação de inseticidas.

— Portanto, o produto traz muitos benefícios, já que além dos inseticidas que constam no produto, existe uma substância capaz de produzir uma potência ainda maior no tratamento — garante Martins.

O produto também conta com um período de carência reduzido. O entrevistado conta que o padrão de carência do mercado corresponde a 72 horas para o descarte de leite e 10 dias para destinar os animais ao abate.

— O produto da Biovet reduz esse tempo em 40% para destinar os animais ao abate, ou seja, 6 dias. Já no descarte de leite, esse período é reduzido em 2/3, ou seja, 24 horas. Em uma propriedade onde a média de produção de leite é 25l por dia, um animal consegue aproveitar 50l que seriam perdidos em dois dias a mais no período de descarte de leite — explica.

Já o custo do produto, como diz Martins, é compatível com os demais produtos da categoria. Para mais informações, basta entrar em contato com a Biovet através do site http://www.biovet.com.br/.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Parasitas
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada