dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     01/12/2020            
 
 
    
Safra  
Safra de grãos bate recorde e chega a 165,9 milhões de toneladas
Produção e área plantada registraram crescimento em relação à safra anterior
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Mapa
10/08/2012

A estimativa para a safra de grãos 2011/2012 superou as previsões iniciais e aponta um novo recorde para a agricultura brasileira: 165,9 milhões de toneladas. O resultado é apontado pelo 11º levantamento de safra que foi divulgado nesta quinta-feira, 9, pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Mendes Ribeiro Filho, e pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em Brasília. O estudo aponta um crescimento de 1,9% em relação à safra 2010/2011 – quando a produção atingiu 162,8 milhões de toneladas – e significa 3,1 milhões de toneladas a mais no volume total.

Os dados mostram um crescimento da produção do milho segunda-safra de 71,7% ou o equivalente a 16,10 milhões de toneladas sobre a última safra, alcançando 38,56 milhões de toneladas. No ano passado foram colhidas 22,46 milhões de toneladas. Os resultados na produção do milho se devem às condições favoráveis da cultura nas áreas de maior produção. Já a estimativa para as safras consolidadas (primeira e segunda safras) apresenta um crescimento de 26,8% ou de 15,37 milhões de toneladas, alcançando 72,78 milhões de toneladas.

Em compensação, houve retração na soja (- 8,9 milhões de t) e no arroz (- 2,01 milhões de t). As reduções se devem, principalmente, às condições climáticas não favoráveis, principalmente nas fases de desenvolvimento das culturas, quando as mais prejudicadas foram as lavouras de milho e de soja nos estados da região Sul, parte do Sudeste e no sudoeste de Mato Grosso do Sul. A forte estiagem nos estados nordestinos também contribuiu para as perdas e levou a região a uma queda de 22 % em relação à safra passada, ou seja, 3,53 milhões de toneladas de produtos.

Área plantada
A estimativa total de área plantada é de 50,81 milhões de hectares, com um crescimento de 1,9% ou 935,8 mil hectares a mais que a da safra 2010/11, quando atingiu de 49,87 milhões de hectares. O milho segunda safra teve um crescimento da área cultivada de 22,9% ou de 1,41 milhão de hectares. A soja vem em seguida, com aumento de 3,4% ou 822,1 mil hectares a mais.
Por outro lado, as culturas de arroz e feijão apresentaram redução na área devido a problemas na comercialização, dificuldades climáticas na região Nordeste, falta de água nos reservatórios e aumento no custo de produção.

A pesquisa de campo utilizou 52 técnicos que ouviram representantes de instituições ligadas ao meio agrícola, destacando-se profissionais de cooperativas, secretarias de agricultura e órgãos oficiais e privados de assistência e extensão rural das principais zonas de produção, no período de 22 a 28 de julho.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Safra
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada