dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     27/05/2017            
 
 
    
Genética Vegetal      
Epagri lança duas variedades de mandioca
Novos materiais possuem características desejáveis para o cultivo comercial e processamento industrial, apresentam elevada produtividade e alto teor de amido nas raízes
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Marcia Sampaio, Epagri
05/08/2014

O lançamento dos novos cultivares de mandioca será no dia 7 de agosto, às 13h30, na Estação Experimental da Epagri de Urussanga. Na ocasião será iniciada a distribuição do material genético aos agricultores, com apresentação de palestras e depoimentos de produtores rurais e empresários do segmento industrial.

As variedades SCS254 Sambaqui e SCS255 Luna foram desenvolvidas pelo programa de melhoramento genético de mandioca da Epagri. Ambas possuem características desejáveis para o cultivo comercial e processamento industrial, apresentam elevada produtividade (25,0 e 21,8 t/ha, respectivamente) e alto teor de amido nas raízes (32,1% e 30,1%, respectivamente), resistência à bacteriose, raízes grossas e lisas com polpa branca, sendo de fácil arranquio do solo e despenca das raízes.

capanovosmandioca1180714A qualidade do material propagativo também se destaca, com ramas eretas, sem bifurcações e com bom desenvolvimento vegetativo, facilitando a colheita e armazenamento. O cultivar Sambaqui apresenta a película externa branca, característica esta desejável para a produção de farinha, sendo que apresentou uma produtividade média de amido por hectare 30% superior às variedades comumente cultivadas. Agricultores e extensionistas participaram ativamente da avaliação e seleção destes dois genótipos superiores no Estado de Santa Catarina.

Mandioca no Brasil e em SC
O Brasil é o 3º maior produtor mundial de mandioca. Santa Catarina é o 12º produtor nacional, apresentando o 5º maior rendimento de raízes por hectare (18,5 t/ha), com uma área plantada de cerca de 27 mil hectares e produção anual de 500 mil toneladas.

“Do total de raízes produzidas, estima-se que 150 mil toneladas sejam destinadas para a fabricação da farinha, 150 mil t para a produção de polvilho e fécula e 200 mil t sejam consumidas “in natura” na alimentação animal e humana.

O segmento farinha conta com 340 engenhos e empacotadores cadastrados, distribuídos por 51 municípios catarinenses. Esse conjunto de agroindústrias rurais movimenta cerca de 45 mil toneladas de farinha por ano e gera mais 1.360 empregos diretos. O segmento polvilho azedo é composto por 30 unidades industriais distribuídas por 7 municípios do Estado, que produzem 12.500 toneladas de polvilho por ano e geram, diretamente, cerca de 180 empregos. Já o segmento fécula, possui 9 indústrias em SC que, juntas, produzem anualmente cerca de 26 mil toneladas do produto e geram mais 200 empregos diretos. Ao parque industrial citado, se somam ainda as unidades de beneficiamento de aipins e “chips” semi-prontos para consumo, as indústrias de beijús e outros derivados e os engenhos de produção de tapioca.

Todo esse conjunto de atividades e de unidades transformadoras/processadoras demonstra a força e a importância do setor mandioqueiro na economia do Estado de Santa Catarina e o seu papel social na fixação do homem à terra e à geração de empregos bem distribuídos e interiorizados. Ao todo, as cerca de 400 unidades de transformação e beneficiamento mais as lavouras geram não menos que 8 mil empregos diretos.

Mais informações: Augusto Carlos Pola ou Alexsander Luis Moreto, pelos e-mails: pola@epagri.sc.gov.br e alexsandermoreto@epagri.sc.gov.br.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Mandiocultura
Palavras-chave

 
29/08/2017
11º Congresso Brasileiro do Algodão
Maceió - AL


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada