dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     24/09/2017            
 
 
    
Pesca e Aquicultura      
Epagri vai capacitar piscicultores do Sul de SC
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Epagri
13/07/2015

A Epagri de Tubarão, SC, vai capacitar todos os piscicultores da região Sul do Estado até 2017, apoiando a execução de projetos por meio de orientação técnica. O gerente Regional da Epagri, Gustavo Claudino, explica que as capacitações já tiveram início, com objetivo de aproximar o volume de produção amadora (2t/ha) do alcançado pelos piscicultores comerciais da região (10t/ha).

O projeto também foca os produtores que já alcançam volumes superiores a 10t/ha. Eles serão informados sobre melhorias de tecnologias que possam elevar ainda mais essa produtividade. As capacitações são viabilizadas com verbas do SC Rural e também por meio de parcerias com prefeituras da região e associações de piscicultores locais.

O assunto foi discutido em reunião realizada no dia 6 de julho com a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, que contou com a participação do presidente da Epagri, Luiz Ademir Hessmann. A Secretaria estuda a criação de um programa para modernizar e fortalecer a piscicultura em Santa Catarina. A ideia é apoiar a aquisição de um kit com equipamentos básicos para que o produtor possa acompanhar as condições do cultivo diariamente. A proposta foi apresentada ao secretário Moacir Sopelsa pelo secretário de Desenvolvimento Regional de Braço do Norte, Roberto Kuerten Marcelino.

O kit deve ser composto por um oxímetro microprocessado, um pHmetro de campo e um disco de Secchi. Segundo o secretário da Agricultura, Moacir Sopelsa, o programa atenderia todas as regiões do Estado e funcionaria nos moldes do Programa Terra-Boa Kit Forrageira. “Nosso objetivo é fomentar a piscicultura em todas as regiões porque é uma alternativa de renda para o produtor rural, além de ter um grande potencial de crescimento. Temos que fazer a piscicultura acontecer em Santa Catarina”.

Em até cinco anos, a região de Braço do Norte pretende produzir 10 mil toneladas de peixes por ano, mais do que o dobro do que é produzido hoje. E o programa seria fundamental para atingir esse objetivo, oferecendo três equipamentos indispensáveis para acompanhar a situação dos cultivos e promover os ajustes necessários.

O secretário regional de Braço do Norte, Roberto Kuerten Marcelino, prevê impacto na renda do produtor. “O que hoje é produzido em duas toneladas por hectare passaria a 10 toneladas, com um aumento na renda de R$ 24 mil por safra”, calcula.

Também participaram do encontro o gerente regional da agricultura, Marcos Antonio Pereira, presidentes de associações de piscicultores da região e coordenadores da Epagri.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Notícia
Palavras-chave

 
21/10/2017
Dia de Campo Sistemas Integrados de Produção Agropecuária
Sete Lagoas - MG
23/10/2017
Semana Nacional de Ciência
Petrolina - PE
24/10/2017
XXII Reunião Nacional de Pesquisa de Girassol (RNPG) e o X Simpósio Nacional sobre a Cultura do Girassol
Lavras - MG

28/09/2017
Curso Integração Lavoura-Pecuária-Floresta
São Carlos - SP
23/10/2017
Formação de Responsáveis Técnicos e Auditores da Produção Integrada de Morango - PIMo
Jaguariúna - SP
21/11/2017
Curso de processamento de mandioca
Cruz das Almas - BA

 
 
Palavra-chave
Busca Avançada