dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     27/05/2017            
 
 
    

http://www.diadecampo.com.br/arquivos/image_bank/especiais/Peche_Fev17_ARTIGOS_201721132935.jpg

O alto índice de áreas sem rentabilidade, com baixa produtividade, somadas às áreas degradadas comprovam que muitas propriedades agrícolas no Brasil têm sérios problemas de gestão. São ações equivocadas e insuficientes para atender às necessidades da perenidade produtiva do agroecossistema. Estes fatos podem estar indicando a necessidade de inserir novos conceitos e reforçar conhecidos saberes para melhorar a eficácia e a eficiência no manejo de ambientes de produção.

Toda propriedade agrícola, naturalmente apresenta vulnerabilidades, principalmente aquelas relacionadas com os fatores ambientais de manejo (solo, água, biocenose e clima). A ocupação e uso agrícola das terras cria ambientes fragmentados e descontínuos, portanto áreas muito fragilizadas. Nestas são evidenciadas situações combinadas com vulnerabilidade administrativa, gerencial e operacional. O ambiente de produção, submetido a diversas situações de fragilização, necessita de múltiplos cuidados. Dessa forma, entende-se que os cuidados necessários para manter e perenizar áreas produtivas e rentáveis fazem parte de um modelo de gestão que efetivamente emprega ações num contexto integrado e sistêmico.

Dentro dos cuidados integrais do manejo estão questões relacionadas com a construção de uma boa palhada e produção contínua de húmus, harmonizadas com o enraizamento do perfil e com a qualidade nas operações mecanizadas. Estas questões são essenciais para promoção da perenidade produtiva e saúde ambiental. A boa palhada é aquela que tem em sua composição uniformidade (espessura e cobertura) e regularidade espacial. A produção contínua de húmus se dá em ambientes aeróbicos e com muita atividade biológica diversificada, isto traz uma condição ideal para que a infiltração contínua de água traga vitalidade e força para a vida produtiva do solo. A harmonia se dá com uma boa orientação técnica que prioriza rotação de culturas, manejo ecológico de pragas e doenças. O enraizamento do perfil ocorre com correção química precisa e escolha de cultivares adaptados. A qualidade nas operações ocorre com procedimentos corretos, treinamento, profissionalismo e muito cuidado com riscos ambientais. Outras atividades como a sistematização da assistência em operações mecanizadas, o planejamento de manejo de áreas e o monitoramento de pragas, doenças e infestação de ervas, associadas a uma boa comunicação são fundamentais para cuidados integrais eficientes.

Para promoção da produtividade, rentabilidade, perenidade produtiva e saúde ambiental, o agricultor precisa praticar cuidados integrais de manejo. Deve-se unificar ações preventivas, corretivas e de reabilitação dos impactos negativos passados como é o caso de processos erosivos ou de plantas invasoras resistentes, entre tantos outros. Cuidados integrais significam pensar, planejar e executar o acesso a todos os recursos tecnológicos que o ambiente local necessita para produzir de forma competitiva, valorizando sempre todas as formas de vida, sem promover o desequilíbrio incontrolável do agroecossistema.

 

 

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Joaquim Adelino de Azevedo Filho
06/04/2017 - 13:01
Excelente matéria. Precisamos cuidar melhor de nossos solos, para deixar para nossos filhos um ambiente de produção melhor do que encontramos. Mãos a obra precisamos deixar de valorizar apenas a produção em si, e valorizar os meios de produção, como o solo, nosso bem maior.

Para comentar
esta matéria
clique aqui
1 comentário

Conteúdos Relacionados à: Meio ambiente
Palavras-chave

 
29/08/2017
11º Congresso Brasileiro do Algodão
Maceió - AL


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada