dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     15/08/2020            
 
 
    
Armazenagem  
Produto armazenado em silobag poderá ser dado em garantia para EGF
Informe Técnico da Aprosoja explica as regras para acessar o financiamento
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Aprosoja
05/04/2017

O agricultor José Guarino Fernandes planta 400 hectares de milho em Campos de Júlio, região Oeste de Mato Grosso. Há três anos, optou por usar silo bags para armazenar o produto na própria lavoura. “Não tenho custo de frete para o transporte da produção para armazéns credenciados, o produto fica bem armazenado e posso aproveitar os melhores preços do mercado para venda”, avalia Guarino.

Ele conta que na última safra colheu em julho e só embarcou os grãos para a venda nos meses de novembro e dezembro, quando os preços estavam mais remuneradores. Com a expectativa de safra no estado de mais de 26,5 milhões de toneladas de milho, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), e o já conhecido déficit de armazenagem, muitos produtores rurais devem optar pelo uso de silo bags.

Por causa deste cenário, a Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) solicitou aos três maiores agentes de crédito do estado – Banco do Brasil, Sicredi e Caixa Econômica Federal, que liberassem recursos para a compra dos silobag e para que os produtos armazenados desta forma pudessem ser dados como garantia para a contratação de Empréstimos do Governo Federal (EGF).

Os recursos do EGF podem ser tomados com juros de 9,5% ao ano e prazo de até 180 dias para pagamento. “Desta forma, o produtor rural pode dar a produção como garantia e, com o dinheiro, ter capital de giro para a lavoura. Foi uma grande vitória da associação”, avalia Frederico Azevedo, gerente da comissão de Política Agrícola da Aprosoja.

Armazenagem
A Aprosoja também divulgou um Informe Técnico sobre o assunto e, ainda, explicando os resultados satisfatórios da utilização dos silobag. Algumas de suas vantagens são: manutenção da anaerobiose que se faz necessária para manter o ambiente desfavorável à presença de microrganismos; controle térmico e ausência de luz e a possibilidade de se permitir ao produtor uma janela maior na tomada de decisão para comercialização.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Notícia
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada