dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     15/08/2020            
 
 
    
Armazenagem    
Armazenagem será um dos temas abordados durante Circuito Tecnológico Milho
Questionário contará com questões relacionadas a esse tema durante as rodadas que se iniciam hoje
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Aprosoja
24/04/2017

A armazenagem fará parte do questionário voltado aos agricultores durante o Circuito Tecnológico Etapa Milho, que começa nest a segunda-feira (24). Em sua quarta edição, o evento é realizado pela Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) e tem o objetivo de verificar a situação da safra, visitando propriedades rurais das regiões produtoras do estado.
 
Durante as visitas, as equipes da Aprosoja fazem questionários e avaliação a campo. Os questionários são organizados posteriormente e geram indicadores fundamentais para futuras tomadas de decisão da associação.
 
A inclusão da armazenagem neste ano atende uma demanda solicitada à comissão de Gestão de Propriedades, que realiza o Circuito Tecnológico, pela comissão de Política Agrícola da Aprosoja, que coordena o tema de armazéns.
 
“Pedimos que fosse incluído, dentro do questionário já realizado, se o produtor rural tem interesse em construir armazéns próprios e se tem problemas de armazenagem durante a colheita. O pedido visa, principalmente, identificar em quais regiões o déficit de armazéns é maior e de quanto exatamente estamos falando”, explica o gerente de Política Agrícola, Frederico Azevedo.
 
Atualmente, de acordo com dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), a produção agrícola de soja e milho é de 57,5 milhões de toneladas e a capacidade de armazenagem estática é de 33,8 milhões de toneladas, gerando um déficit de 35,5 milhões de toneladas.
 
Circuito Tecnológico
O Circuito Tecnológico Milho será realizado pela quarta vez. Ao todo, serão seis equipes viajando pelas quatro regiões de Mato Grosso. A meta é visitar aproximadamente 35 municípios, percorrendo quase 6 mil quilômetros. São parceiros do Circuito a Embrapa e o Imea e patrocinadores a UPL e a Syngenta.
 
As equipes aplicarão questionário nas propriedades para avaliar o nível de tecnologia da cultivar adotada, se há utilização do zoneamento agrícola para a escolha da cultivar, também farão teste em campo como o de transgenia. Além disso, haverá coleta de lagartas na região Leste.
 
O objetivo também é monitorar as lavouras de milho quanto aos aspectos fitossanitários, o preparo e manejo do solo, assim como verificar o cenário de armazenagem e comercialização do milho, entre outros.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Notícia
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada