dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     25/05/2022            
 
 
    
Manejo da Lavoura    
Irrigador solar é testado em canteiro de cana-de-açúcar em fazenda da Apta
Tecnologia de baixo custo é escolhida para ser testada em mudas cana-de-açúcar
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Joana Silva, Embrapa Instrumentação
06/07/2017

O irrigador solar, tecnologia de baixo custo para pequenos produtores e jardineiros, começa a ser testado a partir desta quarta-feira (5) no jardim varietal de cana-de-açúcar da fazenda experimental da Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Jaú “Hélio de Moraes” (UPD) da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta).

De acordo com a chefe da seção técnica da UPD, Gabriela Aferri, o jardim tem o objetivo de contar a história das cultivares de cana no Brasil. "O irrigador solar, além de irrigar o jardim funcionará como uma vitrine aos visitantes da UPD", diz ao explicar que o sistema foi escolhido por ser uma tecnologia acessível, versátil e de grande empregabilidade.
A instalação ocorre um mês após a Embrapa Instrumentação (São Carlos – SP) também ter instalado na UPD as tecnologias sociais - fossa séptica biodigestora e jardim filtrante.

Destinado a produtores rurais, estudantes e público interessado, o dia de campo tem início previsto para as 8 horas. O pesquisador Washington Luiz de Barros Melo, responsável pelo desenvolvimento do irrigador solar, vai falar da pesquisa, benefícios da tecnologia às 10h15, logo após a palestra do pesquisador da UPD de Jaú, Glauber José de Castro Gava, sobre irrigação convencional.

A montagem do irrigador solar vai ocorrer às 12h30, sendo que a instalação do sistema no canteiro de cana-de-açúcar está programada para as 14h15. “É a primeira vez que vamos instalar o irrigador solar neste tipo de cultura, mas a expectativa é de que a tecnologia seja tão eficiente como é para hortas e jardins”, diz o pesquisador.

A instalação das tecnologias sociais da Embrapa Instrumentação faz parte do plano de readequação do Encontro de DNA – Desenvolvendo Nosso Negócio, que era realizado na Cooperativa Agrícola da Zona do Jahu e passa, a partir desta quarta edição, para a fazenda experimental da Apta, unidade de pesquisa da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. O encontro será de 13 a 15 de setembro.

Gabriela Aferri explica que a mudança ocorre a fim de ampliar o espaço e incluir novas atividades associadas à exposição de materiais e tecnologias, como as de saneamento e irrigação que serão demonstradas no Encontro de DNA.

“A instalação dos sistemas – fossa séptica biodigestora, jardim filtrante e irrigador solar - deverão contribuir para tornar a fazenda experimental uma vitrine tecnológica, com transferência de conhecimento aos visitantes”,
afirma Gabriela.

Irrigador solar
O irrigador é automático, não usa eletricidade e ainda pode ser feito com materiais usados. A tecnologia poderá ajudar de pequenos produtores a jardineiros amadores a manter seus canteiros irrigados pelo método de gotejamento.

O equipamento é baseado em um princípio simples da termodinâmica: o ar se expande quando aquecido. Melo se valeu dessa propriedade para utilizar o ar como uma bomba que pressiona a água para a irrigação.

As vantagens do irrigador caseiro são várias, conforme enumera o pesquisador. Trata-se de um sistema automático sem fotocélulas e que não demanda eletricidade, pois depende somente da luz solar, tornando sua operação extremamente econômica. Ele promove igualmente uma economia de água, pois utiliza o método de gotejamento para irrigar, o que evita o desperdício do recurso.

"Além disso, é possível construí-lo com objetos que seriam jogados no lixo, como garrafas e recipientes de plástico, metal ou vidro", lembra o especialista.

A versatilidade do equipamento também é grande. A intensidade do gotejamento pode ser regulada por meio da altura do gotejador e o produtor pode colocar nutrientes ou outros insumos na água do reservatório para otimizar a irrigação.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Irrigação
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada