dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     20/08/2018            
 
 
    
Integração Lavoura Pecuária  
16º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha apresentará benefícios da ILP
João Kluthcouski e Alvadi Balbinot falarão sobre o tema "ILP- Alternativas para descompactação e conservação de solo"
Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
FEBRAPDP
31/07/2018

Produzir mais, em uma mesma área, conservando o solo e preservando os recursos naturais. Esse será o tema central do último talk, do primeiro dia de programação do 16º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha (ENPDP), que será realizado em Sorriso (MT), entre os dias 01 e 03 de agosto.

O tema proposto é “ILP- Alternativas para descompactação e conservação de solo”, com dois palestrantes renomados no assunto: João Kluthcouski e Alvadi Balbinot. O primeiro, João Kluthcouski, conhecido como João K., descobriu um jeito de dobrar o tamanho das terras agrícolas brasileiras sem degradar a natureza. O engenheiro agrônomo é o principal idealizador do sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP), no Brasil, que hoje ocupa mais de 12 milhões de hectares. Através de estudos liderados por ele, o pesquisador conseguiu recolocar no mapa da produção terras degradadas por pastagens, que até então eram dadas como perdidas para a agricultura.

Assim como no Sistema Plantio Direto, a ILP utiliza manejo que não deixa o solo descoberto, semeando grãos junto com capim para o rebanho. Através da pesquisa de João Kluthcouski foi possível afirmar que a emissão de gases de efeito estufa, em função da atividade da pecuária, no sistema integrado, cai quase pela metade. Com o solo coberto por palhas ou plantas vivas o ano todo, o carbono ao invés de ser emitido, é absorvido.

João K. nasceu em Apucarana, no Norte do Paraná, cursou agronomia no Rio Grande do Sul e desde então, vem se dedicando aos estudos de solos brasileiros. “A integração lavoura-pecuária-floresta representa juntar todas as revoluções anteriores num só sistema, o que permite quatro safras por ano, e só nós podemos fazer isso. O Brasil solucionou o problema dos solos arenosos. Estamos trazendo à produção 50 milhões de hectares, que antes dávamos como perdidos”, destaca o agrônomo.

O palestrante Alvadi Balbinot também trabalha como pesquisador. Ele atua na Embrapa Soja, em Londrina (PR), onde coordena inúmeras pesquisas que trouxeram avanços significativos para a agricultura no País. Uma delas intitulada de “Novos sistemas de semeadura e arranjos de plantas para aumento da produtividade e sustentabilidade da cultura da soja” encontrou respostas para alguns dos modelos de arranjos produtivos de soja.

Conforme Alvadi Balbinot, o arranjo pode alterar o crescimento da cultura, a incidência de estresses bióticos e abióticos, a qualidade das pulverizações, o acamamento e, consequentemente, a produtividade e qualidade dos grãos. “Estamos vivendo tempos em que as mudanças nas características morfofisiológicas das cultivares de soja e nas práticas de manejo são uma realidade. Além disso, temos um aumento da expectativa de produtividade de grãos, acompanhado de aumento do custo com sementes”, conta o especialista.

Esses e vários outros temas serão discutidos no 16º Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha, que será entre os dias 01 e 03 de agosto, no Centro de Eventos Ari José Riedi, em Sorriso (MT). Pra garantir vaga basta se inscrever no site: www.plantiodireto.org.br.

O evento é promovido pela Federação Brasileira de Plantio Direto e Irrigação em parceria com o Sindicato Rural de Sorriso; Clube Amigos da Terra (CAT); Instituto Mato-grossense do Algodão (IMA-MT); Fundação Sorriso e Prefeitura de Sorriso. O Encontro conta ainda com o apoio Fundação MT, Crea-MT, Facen, Aprofir, Aprosoja, UFMT Sinop, Embrapa, Acrimat, IFMT Sorriso, Cesb, Sistema Famato, Ampa, Sindicato Rural de Cuiabá, Aprosmat, Senar-SP, Sedec, Coomam e Univag.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Plantio Direto
Palavras-chave

 
25/08/2018
Expointer 2018
Esteio - RS
27/08/2018
XI Congresso Brasileiro de Sistemas Agroflorestais
São Cristóvão - SE
03/09/2018
XII Congresso da Sociedade Brasileira de Sistemas de Produção
Viçosa - MG
07/09/2018
Simpósio Métodos Rápidos para avaliar qualidade tecnológica e contaminantes em grãos
Londrina - PR
10/09/2018
Congresso Nacional de Milho e Sorgo
Lavras - MG
18/09/2018
IV Dia de Campo Integração Lavoura-Pecuária-Floresta
Passo Fundo - RS
09/10/2018
EsalqShow 2018
Piracicaba - SP
06/11/2018
V Congresso Brasileiro de Recursos Genéticos
Fortaleza - CE

07/08/2018
Curso sobre Fertirrigação
Petrolina - PE
09/08/2018
Adubação orgânica
Manaus - AM

 
 
Palavra-chave
Busca Avançada