dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     31/07/2014            
 
 
    

A irrigação é uma técnica milenar que se confunde com o desenvolvimento e prosperidade econômica dos povos, pois muitas civilizações antigas se desenvolveram em regiões áridas onde a produção só era possível graças à irrigação. A história demonstra que a irrigação sempre foi um fator de riqueza, prosperidade e, consequentemente, de segurança.

Com o avanço das tecnologias de irrigação e a demanda cada vez maior de água pelas atividades humanas, acentuou-se a busca por métodos mais eficientes, que consumam menos recursos e forneçam melhores resultados em produtividade e qualidade. Desta forma, a irrigação por gotejamento tem ganhado espaço, principalmente nos últimos 15 anos. Abaixo, na Figura 01, observa-se a eficiência obtida com os principais métodos de irrigação usados atualmente no mundo.

 

Neste ambiente árido e dependente de um método eficiente no uso da água, foi inventado o primeiro emissor para irrigação por gotejamento no mundo pelo Eng. Simcha Blass. E, em 1965, em conjunto com o Kibbutz Hatzerim, foi fundada a Netafim Companhia de Irrigação, em Israel.

Deste então, os emissores passaram por um intenso desenvolvimento tecnológico que permitiu o avanço do gotejamento para além das fronteiras de Israel, fazendo-o ganhar espaço em todo o mundo, representando a melhor solução tecnológica para o uso eficiente de água, energia e insumos. Na Figura 02, destaca-se o primeiro gotejador e sua linha e evolução.

 

Atualmente, estima-se que o suprimento de água doce disponível seja utilizado na proporção de: 70% na agricultura, 20% na indústria e 10% nas cidades para consumo humano. Observa-se que há muito espaço a ser avançado pela irrigação por gotejamento para que as atividades humanas continuem crescendo atendendo à demanda de alimentos em quantidade e qualidade sem esgotar os recursos hídricos, o avanço tecnológico e estas necessidades têm popularizando cada vez mais a irrigação por gotejamento.


Características da Irrigação por Gotejamento

A irrigação por gotejamento é um método muito peculiar e suas principais características e benefícios estão descritos abaixo:

Aplicação da água

Na irrigação por gotejamento, a água é aplicada de forma pontual através de gotas diremente ao solo. Estas gotas, ao infiltrarem, formam um padrão de umedecimento denominado “bulbo úmido”. Estes bulbos podem ou não se encontrar com a continuidade da irrigação e formar uma faixa úmida, outro termo técnico utilizado em irrigação localizada por gotejamento (observar nas figuras 03 e 04).

 

Muitas dúvidas surgem a respeito desta característica dos sistemas de gotejamento, nas quais se questiona se é necessário um gotejador por planta. Na realidade, neste tipo de tecnologia de irrigação, o solo tem papel fundamental na distribuição da água e, portanto, suas características físicas e de estrutura irão definir se o projeto de gotejamento terá um gotejador por planta, mais do que um ou até menos do que um.

Em irrigação por pulsos, tecnologia de gotejamento em desenvolvimento no Brasil, pode-se admitir a formação de bulbos sem haver a faixa úmida. Nestes sistemas, o controle de umidade e nutrição destes bulbos dee ser mais cuidadosa e o uso de sensores de umidade do solo para manejo de irrigação é obrigatório.

Em projetos de irrigação de espécies florestais e seringueira, pode-se admitir o sistema com formação de bulbos, pois a planta tem sistema radicular muito profundo e a reposição da umidade em área reduzida será eficiente, apesar de sempre se buscar a faixa úmida como primeira opção de concepção de projeto.

Na Figura 05, destaca-se que o tipo de solo (textura e estrutura) definem vazão e espaçamento entre gotejadores quando se decide irrigar formando faixa contínua.

 


Desenvolvimento Radicular

Muito se discute sobre o desenvolvimento radicular em sistema de irrigação por gotejamento. Há dúvidas que se transformam em incertezas sobre a capacidade deste sistema de suportar as necessidades de plantas perenes grandes e vigorosas, com sistema radicular bem amplo e distribuído no solo.

De fato, uma das razões de se obter maiores produtividades em irrigação por gotejamento se deve à capacidade deste sistema em irrigar uma parte do solo onde estão as raízes da planta de forma muito precisa, constante e sem expulsar todo o ar deste solo. Assim, as raízes têm sempre água facilmente disponível, nutrientes (fertirrigação) e oxigênio pois estas respiram para realizar seus processos metabólicos e de crescimento. No local da faixa úmida/bulbo, há então um grande aumento do volume e atividade das radicelas, raízes finas cuja única função é absorver água e nutrientes. O gotejamento praticamente não afeta as raízes de sustentação, que são grossas e suberinizadas, ou seja, são impermeáveis e não absorvem água e nutrientes.

Assim, plantas cultivadas com gotejamento têm maior atividade radicular (radicelas), raízes profundas e, portanto, maior produtividade e capacidade de serem manipuladas mais facilmente, pois estas radicelas na área úmida são o alvo perfeito para tratamentos hormonais, aplicação de defensivos sistêmicos ou indução de stress hídrico (déficit hídrico). A Figura 06 destaca esta característica.

 


Alta Frequência e Baixa Intensidade

Por irrigar uma determinada fração do volume de solo

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Portal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Josi Oliveira
02/06/2011 - 10:20
Muito bom o artigo, a irrigaþÒo por gotejamento sem d·vida trßs mais economia, e o meio ambiente tambÚm agradece, por ter menor gasto de ßgua, por se ter um desperdicio relativamente pequeno.

José Pedro
22/07/2011 - 14:51
Excelente matÚria, rica em orientaþ§es e informaþ§es. Eu tinha d·vidas sobre a irrigaþÒo por gotejamento, agora fico muito confiante nesse sistema, percebo que Ú uma saÝda para quem pretende desenvolver a agricultura irrigada economizando ßgua.

lamberto alecrim rocha de presidente dutra bahia
10/08/2011 - 15:23
parabÚns e obrigado por esta manteria de tÒo importÔncia para noz produtores de frutas do semi-ßrido baiano.jß estou montando um sistema por gotejamento em minha roþa de pinha,espero colher bon frutos.

Mateus Azevedo
11/08/2011 - 20:09
Muito bom o site estÒo de parabÚns!
Esse post ta muito bem elaborado e tirou bastante d·vida
Muito obrigado pessoal

Alirio Ferreira
09/09/2011 - 16:43
Realmente, esta materia me deixa mais garantido na economia de agua, eu mesmo tenho muito interesse no sistema de gotejamento por se tratar principalmente de uma area de plantio de coco na regiÒo de sÒo gonþalo/Sousa/paraiba.

obrigado pelo artigo divulgado

NILTON CESAR DE SOUZA-CONIFERA CORPORATION
28/03/2012 - 10:06
...ACHEI ESCLARECEDOR OS TERMOS T+CNICOS "BULBO +MIDO E FAIXA +MIDA", EM RELAÃ+O A OPÃ+O DA QUAL CULTURA SE PRETENDE IRRIGAR DE FORMA LOCALIZADA. OBRIGADO E PARAB+NS...!

Agmar de Carvalho Quinteiro
30/03/2012 - 17:52
O artigo se apresenta de boa qualidade e esclarecedor.
Ficou faltando somente a mostra dos equipamentos e suas caracteristicas e comparacao da eficiencia e eficacia de cada um deles. Por exemplo:Qual o tipo de mangueira por gotejamento devo usar, qual o temporizador ou equipamento simular deve ser utilizado e onde encontar para venda os mesmos?
Shalom!

Pamela Bonfante
24/02/2014 - 08:58
Olá Nelson!
Achei muito interesssante este artigo.
Estamos à procura de Agronomos interessados em projetos humanitários, para em implantar o metodo de irrigação por gotejamento em Tribos da África, onde a fome e a miséria são grandes devido a terra árida, já temos perfurações de poços em algumas tribos, mas ainda não temos profissionais especializadas para nos ajudar neste projeto de plantações.
Quem tiver interesse em ajudar estas pessoas entre em contato pelo e-mail: pam.bonfante01@gmail.com

Obrigada,

Para comentar
esta matéria
clique aqui
8 comentários

Irrigação e Pulverização - Artigos já Publicados

AgroPlan
Irrigação do eucalipto logo após o plantio
07/04/2011

AgroPlan - UFV
Tecnologia simples para o manejo da irrigação
24/11/2010

Netafim
Floresta irrigada
07/06/2010

Netafim
Manejos e práticas agrícolas em Citrus
17/05/2010

Netafim
Cana-de-açúcar irrigada por gotejamento
14/04/2010

Netafim
Nutrirrigação com a cultura do café
19/03/2010

Netafim
Fertirrigação via Gotejamento
09/02/2010

Netafim
Características da Fertirrigação
22/01/2010

Conteúdos Relacionados à: Irrigação
Palavras-chave

 
29/07/2014
Seminário Regional de Formação de uma Rede de Multiplicadores em Desenvolvimento Rural Sustentável e Adequação Ambiental das Propriedades Rurais da Agricultura Familiar
Belo Horizonte - MG
29/07/2014
40ª Reunião de Pesquisa de Soja da Região Sul e o Seminário Técnico de Soja
Pelotas - RS
30/07/2014
V Simpósio de Resistência a Produtos Fitossanitarios
Rio Verde - GO
01/08/2014
AGRIFAM 2014 - Feira da Agricultura Familiar
Lençóis Paulista - SP
04/08/2014
13º Congresso Brasileiro do Agronegócio (CBA)
São Paulo - SP
05/08/2014
1º AGROSudeste - Encontro Regional de Engenheiros Agrônomos do Sudeste
Rio de Janeiro - RJ
12/08/2014
14° Encontro Nacional de Plantio Direto na Palha
Bonito - MS
12/08/2014
VI Congresso Brasileiro de Mamona
Fortaleza - CE
17/08/2014
47º Congresso Brasileiro de Fitopatologia
Londrina - PR
19/08/2014
Simpósio Latino Americano de Canola - SLAC
Passo Fundo - RS
26/08/2014
12º CICAM - Congresso de Iniciação Científica em Ciências Agrárias, Biológicas e Ambientais
São Paulo - SP
07/10/2014
IV Seminário de Agroecologia do Distrito Federal e Entorno
Brasília - DF
04/11/2014
XII Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste
Natal - RN
24/11/2014
V Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental
Belo Horizonte - MG
05/05/2015
IV SIGERA - Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais
Rio de Janeiro - RJ

31/07/2014
3º Curso Intensivo sobre Gramados Esportivos
Rio de Janeiro - RJ
12/08/2014
Curso de Manejo Integrado de Pragas de Grãos e Sementes Armazenadas
Londrina - PR
14/08/2014
IV Workshop Controle de Carrapatos
Nova Odessa - SP
30/08/2014
Curso teórico e demonstrativo em Agricultura Orgânica - Módulo II
Indaiatuba e Serra Negra - SP
27/09/2014
Curso teórico e demonstrativo em Agricultura Orgânica - Módulo III
Indaiatuba e Serra Negra - SP

 
 
Palavra-chave
Busca Avançada