dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     02/09/2014            
 
 
    
Aves  
Temperaturas elevadas reduzem produção de ovos de codorna
Estudo indica que temperatura ideal é 21°C e que massa dos ovos em temperaturas elevadas diminuiu 25%
Ouça a entrevista Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Juliana Royo
28/04/2010

A temperatura ambiente tem grandes impactos na produção de ovos das aves. Um bom sistema de refrigeração é muito importante para manter não só a quantidade de produção como a qualidade dos ovos. O estudo sobre o efeito da temperatura na produção de ovos de codornas japonesas mostra que este impacto pode ser maior do que se imaginava. A variação entre a condição ideal (21ºC) e a realidade do clima brasileiro (com temperaturas perto dos 36ºC) pode gerar uma diferença de 18% na quantidade produzida pelas codornas e até 25% na redução de massa dos ovos.

A autora do estudo, que ganhou o prêmio da Associação Paulista de Avicultura durante o Congresso de Produção, Comercialização e Consumo de Ovos que aconteceu no final de Março, na cidade de São Pedro, é a pós-graduanda em zootecnia Francine Vercese, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Unesp Botucatu. Ela fez a pesquisa durante o ano passado, assim como outros dois estudos que formam a sua dissertação.

— Em temperaturas superiores a 27ºC já houve uma ocorrência significativa de redução na produção das aves e piora na qualidade dos ovos. A produção de codornas ainda carece de muitos dados de pesquisa e este trabalho é importante porque é pioneiro na área e serve para que outros estudos possam ter dados precedentes para que a gente possa obter informações melhores para a criação de codornas, que é a coturnicultura — explica Francine.

O estudo avaliou o consumo de ração das codornas, a percentagem de postura, a percentagem de ovos viáveis, o peso médio dos ovos, a massa dos ovos, a conversão alimentar por dúzia e por quilograma em um grupo de 240 codornas japonesas. Elas foram divididas em grupos e submetidas a temperaturas de 21°, 24º, 27º, 30º, 33º e 36ºC. Os dados se mostraram expressivos em vários aspectos. O estresse causado pelo calor de 36ºC (maior temperatura testada) reduziu a produção de ovos viáveis em quase 18% e o consumo de ração em 39%. A qualidade dos ovos também ficou comprometida. A massa dos ovos diminuiu 25%, a postura dos ovos caiu 16,6% e o peso foi reduzido em quase 10%.

Em um país como o Brasil em que as temperaturas médias tem uma variedade muito grande entre as regiões e pode chegar a 40º C em algumas áreas é muito importante que os produtores fiquem atentos à refrigeração das granjas. A pesquisadora recomenda refrigeração constante a exemplo do que já é feito na produção de frangos com o uso de ventiladores e nebulizadores.

Clique aqui, ouça a íntegra da entrevista concedida com exclusividade ao Portal Dia de Campo e saiba mais detalhes da tecnologia.
Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Portal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Coturnicultura
Palavras-chave

 
08/09/2014
Exphomig 2014
Barbacena - MG
14/09/2014
25º Congresso Brasileiro de Entomologia (CBE)
Goiânia - GO
07/10/2014
IV Seminário de Agroecologia do Distrito Federal e Entorno
Brasília - DF
04/11/2014
2º Simpósio Internacional sobre Magnésio na Agricultura, Qualidade dos Alimentos e Saúde Humana
São Paulo - SP
04/11/2014
XII Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste
Natal - RN
24/11/2014
V Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental
Belo Horizonte - MG
05/05/2015
IV SIGERA - Simpósio Internacional sobre Gerenciamento de Resíduos Agropecuários e Agroindustriais
Rio de Janeiro - RJ
23/11/2015
6º Simpósio de Restauração Ecológica
São Paulo - SP

18/09/2014
Curso de Identificação de Árvores e Madeiras do Bioma Cerrado
Sinop - MT
27/09/2014
Curso teórico e demonstrativo em Agricultura Orgânica - Módulo III
Indaiatuba e Serra Negra - SP

 
 
Palavra-chave
Busca Avançada