dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     30/09/2020            
 
 
    

O carrapato dos bovinos realiza todo o ciclo de vida parasitária no mesmo hospedeiro, ou seja, a larvas sobem no corpo do bovino vindas do pasto, sofrem duas mudas, virando ninfas e depois adultos, acasalam e as fêmeas caem no solo para colocar seus ovos. Todo este processo dura, em média, de 21 a 23 dias, com pouca variação, pois os parasitos encontram condições adequadas para seu desenvolvimento na pele do animal.

A fase de vida livre (não parasitária) é influenciada pela temperatura e umidade ambientais. Diferente da vida parasitária, a fase livre pode se estender por vários meses (> 6 meses) conforme as condições ambientais, atravessando períodos desfavoráveis, tais como, invernos frios ou períodos de estiagem.

Começa com a queda da fêmea do carrapato repleta de sangue, a qual busca um local protegido para se esconder e colocar seus ovos. Se as condições são favoráveis (temperatura acima de 15ºC), essa fêmea inicia a ovopostura após 15 dias no pasto. Os ovos irão eclodir quando as condições forem satisfatórias, liberando as larvas que estão prontas para iniciar o parasitismo, ficando no pasto à espera do bovino.

Estudos demonstraram que os carrapatos dos bovinos fazem de 3 a 4 gerações ao ano, dependendo da região do país. Martins et al. (2002) descreveram três gerações em Eldorado do Sul (RS), com picos na primavera, no verão e no outono. Este padrão ocorre também em outras partes do Brasil, variando as épocas e a intensidade dos picos, mas com a mesma sequência de uma geração formando a próxima, que será cada vez maior (vide Figura 1).

Figura 1. Dinâmica de gerações do carrapato nas condições climáticas da região da Depressão Central do Rio Grande do Sul. (G = geração)

As larvas no pasto não se alimentam, sobrevivendo apenas a partir de suas reservas nutricionais. Neste momento, elas seguem dois rumos: sobem no bovino e iniciam sua alimentação ou acabam morrendo no campo por exaustão de energia, portanto, o manejo é uma importante forma de controle.

Durante o inverno milhares de larvas morrem, reduzindo a infestação do pasto. Porém, na primavera, com o aumento da temperatura, a população de carrapatos vai se recompondo e crescendo novamente.

O controle estratégico e seus impactos sobre as gerações de carrapatos

O avanço da infestação, demonstrado na Figura 1, desemboca em altas cargas de carrapato no outono, com inúmeros casos de Tristeza Parasitária. Estes problemas preocupam muito os produtores. Porém, se tivessem tomado as medidas corretas ainda na primeira geração (G1), quando o problema era menor, poderiam impedir este crescimento e o controle seria mais eficiente.

Parte do insucesso destes programas é a alta resistência aos carrapaticidas convencionais com a sobrevivência de milhares de parasitos e infestação do pasto. Programas devem adotar produtos eficazes, como os Inibidores de Crescimento de Ácaros, como o fluazuron (Acatak®), que atua em carrapatos resistentes aos princípios ativos tradicionais e permite o estímulo à formação de anticorpos contra os agentes causadores da Tristeza Parasitária. Dessa forma, controla dois problemas de uma vez só.

O efeito de longa ação da formulação com fluazuron impede que os carrapatos atinjam a fase adulta. A infestação ambiental é reduzida pela constante remoção das larvas do pasto e pela ausência de novas ovoposturas, formadoras das próximas gerações.

Procure assessoramento de profissionais para estabelecer programas de controle logo no início da estação do carrapato, quando o problema é menor e os impactos muito melhores, fazendo com que o rebanho fique livre dos carrapatos e com possibilidade de expressar sua produtividade.

Referências consultadas: MARTINS, J.R., EVANS, D.E., CERESÉR, V.H., et al. 2002. Experimental & Applied Acarology, v. 27, n. 3, p. 241-251.

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Antonio Carlos Piero
04/02/2011 - 07:47
Como pecuarista e comerciante que sou, acho muita falta de Útica um funcionßrio da Novartis abordar um problema e utilizar esse meio de comunicaþÒo para divulgar a marca comercial do seu produto.
A Útica profissional deve ser preservada.

Edilson Oliveira
16/10/2015 - 12:57
Olá, alguns amigos já me falaram da utilização de produtos homeopáticos para o controle da praga do carrapato, andei pesquisando algumas empresas ( como essa http://www.realh.com.br/lojavirtual/saude/produtos-para/carrapato ) que possuem esse produto, vocês teriam alguma postagem ou objeção ao uso desse produto?

CZR
06/09/2016 - 17:38
Produtos homeopáticos para controle de carrapato (bem com para qualquer putra finalidade) não possuem registro no Ministério da Agricultura, ou seja, não precisam comprovar eficácia por meio de estudos para poderem ser comercializados. Vai de cada um acreditar na sua eficiência ou não.

Para comentar
esta matéria
clique aqui
3 comentários

Sanidade Animal - Artigos já Publicados

Sanex
Ambiência: uma preocupação da avicultura brasileira
16/02/2012

Ourofino
A importância do consumo da carne vermelha
02/02/2012

Sanex
Criação de bezerras: Como prevenir diarreias e melhorar resultados com o uso de eletrólitos
05/01/2012

Sanex
O uso dos eletrólitos na produção de aves
01/12/2011

Ourofino
Novos desafios da produção leiteira
24/11/2011

Sanex
Ácidos orgânicos e Salmonella
06/10/2011

Ourofino Agronegócio
Doença respiratória de bovinos
20/09/2011

Sanex
Práticas de acidificação em água e ração
30/08/2011

Ourofino Agronegócio
Confinamento bovino
09/08/2011

Ourofino Agronegócio
Febre do leite
12/07/2011

Ourofino
Boas práticas de vacinação
19/04/2011

Ourofino
Berne/Dermatobiose (Dermatobia hominis)
01/03/2011

Ourofino Agronegócio
Stomoxus calcitrans: mosca dos estábulos
19/01/2011

Novartis
Efeitos das parasitoses sobre a reprodução bovina
17/01/2011

Ourofino
Boas práticas de ordenha
07/12/2010

Novartis
Mosca-do-estábulo: problema em área rural
05/11/2010

Ourofino
Um mal silencioso
25/10/2010

Ourofino
Controle estratégico da verminose dos bovinos
23/09/2010

Syntec
Utilização de maleato de acepromazina em laminite
08/09/2010

Novartis
O médico veterinário e a área comercial
02/09/2010

Merial Saúde Animal
Controle parasitário em bovinos leiteiros - Parte II
01/09/2010

Ourofino
Planejamento e organização de medicamentos contribuem no combate às doenças no rebanho
25/08/2010

Ourofino
IATF: um atalho para maior produtividade
12/08/2010

Merial
Programa de Controle Parasitário Estratégico Integrado das Parasitoses
11/08/2010

Syntec
Importância da gentamicina no tratamento de mastite em búfalas
10/08/2010

Novartis
Problemas causados por roedores em áreas rurais
30/07/2010

Syntec
Importância da diarreia em bezerros
28/07/2010

Ourofino
Pneumonia Bovina
21/07/2010

Tortuga
Produção de volumoso
19/07/2010

Novartis
O teste de sensibilidade aos carrapaticidas e suas vantagens
12/07/2010

Vallée
Qualidade do Leite
08/07/2010

Novartis
Produção Animal: Bases Fisiológicas da Produtividade
16/06/2010

Merial
Controle parasitário em bovinos leiteiros - parte I
15/06/2010

Ourofino
Manejo Sanitário na seca: momento decisivo!
08/06/2010

Syntec
Considerações sobre as cirurgias abdominais com equino em posição quadrupedal
02/06/2010

Pfizer
Diarreia neonatal: inimiga do bezerro, prejuízo para o produtor
27/05/2010

Vallée
Intoxicação em animais domésticos
21/05/2010

Merial Saúde Animal
Época da desmama exige cuidados sanitários e de manejo
18/05/2010

Novartis
Resistência aos carrapaticidas: um fantasma recorrente
14/05/2010

Novartis
Problemas causados pelas moscas domésticas na produção animal
11/05/2010

Pfizer
Importância do controle estratégico e integrado de parasitas
07/05/2010

Ourofino
Qualificação no campo contribui para a prevenção da mastite
04/05/2010

Syntec
O que é Síndrome Metabólica Equina?
30/04/2010

Vallée
Uso correto de vacinas e vacinações
23/04/2010

Merial
Controle de clostridioses em confinamento
19/04/2010

Ourofino
A sanidade no foco das discussões
16/04/2010

Syntec
Artrite infecciosa (Artrite Séptica): Uma ameaça para equinos atletas
12/04/2010

Pfizer
Doenças infecciosas em suínos
07/04/2010

Novartis
Fundamentos da mastite bovina e seus impactos na produção
06/04/2010

Vallée
Como tratar e identificar a Tristeza Parasitária Bovina
30/03/2010

Ourofino
Mastite bovina: Higiene pode evitar a doença
12/03/2010

Pfizer
Controle da coccidiose em aves evita queda de produção
11/03/2010

Syntec
Cesárea em vacas: Sim ou Não?
10/03/2010

Vallée S.A
Manejo do Neonato
08/03/2010

Merial Saúde Animal
Casos subclínicos de mastite podem colocar em risco sanidade do rebanho
24/02/2010

Novartis
Espiroquetose Intestinal Aviária: Uma realidade brasileira
23/02/2010

Ourofino
Um problema ambiental chamado Stomoxys Calcitrans (Mosca dos Estábulos)
15/02/2010

Syntec
Treinamento sob Tranquilização. É possível?
12/02/2010

Pfizer
Selante interno: ferramenta importante no controle da mastite
08/02/2010

Merial Saúde Animal
Manejo e controle sanitário são fundamentais na criação de equinos
04/02/2010

Vallée S/A
Verminoses causam grandes prejuízos ao produtor
30/01/2010

Tortuga
A importância da utilização da oxitetraciclina na clínica veterinária
29/01/2010

Novartis
Efeitos na produção e controle das para das parasitoses bovinas
23/01/2010

Real H
Otimizando a atividade leiteira através da Homeopatia Populacional
19/01/2010

Merial
Controle da Bronquite Infecciosa nos plantéis aviários brasileiros ainda é um desafio
18/01/2010

Pfizer
Doenças reprodutivas causam perdas em gado de corte
08/01/2010

Vallée
Clostridioses em Bovinos
22/12/2009

Novartis
Moscas domésticas: um risco subestimado à produção
22/12/2009

Ourofino
A importância da estação de monta no sistema de produção de bovinos de corte
22/12/2009

Pfizer
Um bom começo
10/12/2009

Merial
Ingestão de colostro pelos leitões é o primeiro passo para uma perfeita resposta imune
09/12/2009

Ourofino
Prejuízo com mosca-dos-chifres no rebanho brasileiro pode chegar a US$ 150 milhões por ano
03/12/2009

Novartis
Medicação via água na Suinocultura
03/12/2009

Pfizer
Inseminação Artificial em Tempo Fixo aumenta produtividade em fazendas
11/11/2009

Merial
Calendário sanitário nas fazendas garante lucro, eficiência e bem-estar animal
23/10/2009

Novartis
A importância do controle das verminoses
23/10/2009

Ourofino
Clostridioses
21/10/2009

Conteúdos Relacionados à: Sanidade Animal
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada