dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     20/06/2024            
 
 
    
Aves  
Cama de aviário: reutilização reduz custos na atividade
Técnica proporciona destinação sustentável dos resíduos
Ouça a entrevista Comente esta notícia Envie a um amigo Aponte Erros Imprimir  
Nivea Schunk
03/05/2010

Os benefícios econômicos e ambientais do reaproveitamento da cama de aviário de um lote para outro estão comprovados. Segundo a pesquisadora Valéria Abreu, da Embrapa Suínos e Aves, a cobertura  com lona é a melhor opção dentre os diversos métodos testados. Com a redução da ação dos agentes patológicos e a garantia da destinação sustentável dos contaminantes, esse resíduo também é uma alternativa à escassez e alto custo dos materiais de boa qualidade no mercado.

— Assim que as aves saem, se retira ou levanta todo o equipamento dentro do espaço e os restos das muretas. É necessário molhar e cobrir tudo com uma lona plástica envolvendo toda a parte de baixo. Isso deve permanecer em torno de 10 a 12 dias coberto. Depois, são retirados os torrões. Feito o revolvimento, deixa-se o aviário aberto por dois dias para receber novamente as aves. Constatada uma significativa diminuição de bactérias e da infestação de insetos corriqueiros na atividade, como o cascudinho, os resultados demonstraram condições muito boas — explica ela.

Normalmente, após algumas reutilizações o resíduo passa por outro tratamento para ser utilizado no solo como fertilizante. Valéria reafirma a viabilidade da técnica adotada praticamente em todo país. A pesquisadora faz expressas recomendações de não reutilizar material que tenha apresentado problema de contaminação.

— A pesquisa começou a partir de 2006, quando o Brasil recebeu um apontamento do antigo Eurep Gap, questionando a razão de o país adotar uma prática que não era comum na Europa. Foram observados 24 aviários com três tipos diferentes de tratamento e um sem nenhum tipo de tratamento. O processo foi acompanhado durante seis lotes, praticamente um ano fazendo todas as avaliações da questão sanitária da cama — diz.

"Resultados consta-
 taram significativa
 diminuição de bacté-
 rias e infestação de
 insetos corriqueiros"


 Valéria Abreu,
 Embrapa Suínos e Aves

 

Clique aqui, ouça a íntegra da entrevista concedida com exclusividade ao Jornal Dia de Campo e saiba mais detalhes da tecnologia.
Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Jornal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Conteúdos Relacionados à: Avicultura
Palavras-chave

 
11/03/2019
Expodireto Cotrijal 2019
Não-Me-Toque - RS
08/04/2019
Tecnoshow Comigo 2019
Rio Verde - GO
09/04/2019
Simpósio Nacional da Agricultura Digital
Piracicaba - SP
29/04/2019
Agrishow 2019
Ribeirão Preto - SP
14/05/2019
AgroBrasília - Feira Internacional dos Cerrados
Brasília - DF
15/05/2019
Expocafé 2019
Três Pontas - MG
16/07/2019
Minas Láctea 2019
Juiz de Fora


 
 
Palavra-chave
Busca Avançada