dia de campo

a
Esqueceu a senha?
Quero me cadastrar
     19/04/2014            
 
 
    

A venda de leite sempre representou a maior fatia da receita das fazendas, sendo complementada pela comercialização de animais e de outros eventuais subprodutos. Durante muito tempo, o preço do leite foi determinado, fundamentalmente, pelo volume entregue. Os sistemas de pagamento do leite pelo diferencial de qualidade vêm crescendo rapidamente no País, acompanhando o que acontece, há muitos anos, nos principais países produtores e exportadores de lácteos do mundo.

O nível de sólidos no leite (gordura e proteína) e a baixa contagem de células somáticas (CCS) e bacteriana (CBT) são as principais variáveis da matéria-prima que influenciam no rendimento industrial, nas características organolépticas e no prazo de validade do leite e dos seus principais derivados lácteos industrializados.

Desta forma, a qualidade do leite exerce forte influência no resultado econômico e, por conseqüência, nos ganhos de cada elo desta cadeia agroindustrial.

A proteína é o sólido mais nobre do leite, seja pelo seu elevado valor, ou pela sua importância para o rendimento de queijos, iogurtes, leite em pó, entre outros. Sua produção é determinada, basicamente, pela quantidade de leite (kg de leite) e pelo nível de proteína (% de proteína) presente na matéria-prima.

Sendo assim, o incremento máximo da quantidade de proteína produzida é obtido através do aumento simultâneo da quantidade de leite e do nível de proteína presente. As principais variáveis que influenciam na produção de proteína no leite são a nutrição, o melhoramento genético, o manejo e o ambiente.

Na Holanda, por exemplo, vem-se trabalhando com melhoramento genético há 60 anos, buscando o aumento na quantidade de leite e no percentual de proteína. Os resultados abaixo exemplificam o progresso genético alcançado na raça holandesa.


Os resultados obtidos na Holanda demonstram que é possível elevar significativamente o nível de sólidos do rebanho trabalhando-se com seleção genética dentro da raça holandesa.

Para tanto, o melhoramento genético deve visar uma elevação simultânea da produção de leite, do nível e quantidade de proteína, optando-se pela escolha de touros com os seguintes perfis listados abaixo:

1)Positivos para kg de leite e positivos para % de proteína e/ou
2)Positivos para kg de leite e positivos para e kg de proteína.

Para exemplificar os efeitos práticos da utilização de touros com diferentes perfis de produção de leite e de sólidos, calculamos a seguir os resultados esperados com a utilização de três touros diferentes em um rebanho com produção inicial média de 8.200 kg de Leite (em 305 dias), com 3,70% de Gordura e 3,25% de Proteína.



Como era de se esperar, as filhas do Touro C vão apresentar um ligeiro crescimento na produção de leite, com redução significativa no nível (% e/ou kg) de sólidos (G e P). Por outro lado, filhas do Touro A vão produzir muito mais leite, com ligeira redução no nível percentual de sólidos e aumento na quantidade de G e de P. Finalmente, filhas do Touro B mostrarão ligeiro aumento da produção de leite, com significativa elevação no nível e na quantidade de sólidos (% ou kg G e de P).

Os resultados acima demonstram que:

1)Deve-se evitar a utilização de touros negativos para sólidos (nível e quantidade), independentemente da característica do mercado onde se esteja trabalhando, ou seja, havendo ou não o diferencial de recebimento pelo nível e quantidade de sólidos;

2) Touros com elevado mérito genético para kg de leite, kg de gordura e kg de proteína podem gerar resultados excelentes em ambos os mercados que pagam ou não o diferencial de qualidade de sólidos;

3)Touros com elevados méritos genéticos para nível e quantidade de sólidos, mas com produções medianas de leite, são muito interessantes nos mercados que buscam a elevação no nível e na quantidade de sólidos produzidos.

O aumento da lucratividade do processo produtivo leiteiro está condicionado à geração de filhas mais produtivas, do ponto de vista de volume de leite e principalmente com um maior nível e quantidade de sólidos. 

Aviso Legal
Para fins comerciais e/ou profissionais, em sendo citados os devidos créditos de autoria do material e do Portal Dia de Campo como fonte original, com remissão para o site do veículo: www.diadecampo.com.br, não há objeção à reprodução total ou parcial de nossos conteúdos em qualquer tipo de mídia. A não observância integral desses critérios, todavia, implica na violação de direitos autorais, conforme Lei Nº 9610, de 19 de fevereiro de 1998, incorrendo em danos morais aos autores.
Ainda não existem comentários para esta matéria.
Para comentar
esta matéria
clique aqui
sem comentários

Manejo - Artigos já Publicados

Guilherme Alves Pires Ferreira - AgroPlan UFV
Expansão da área cultivada com cana-de-açúcar na região do Triangulo Mineiro
26/07/2012

Leonardo Volpato - AgroPlan/UFV
Boas práticas de manejo aumentam a qualidade do café
28/06/2012

Beckhauser
A importância do manejo e da contenção para sucesso reprodutivo
01/03/2012

Beckhauser
É hora de planejar a alimentação do gado na seca
29/11/2011

AgroPlan-UFV
Manejo integrado de plantas daninhas em lavoura de café
27/10/2011

AgroPlan-UFV
Integração Lavoura - Pecuária e Floresta protege o meio ambiente e diversifica a produção
29/09/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
“Abate humanitário”: exigência que virá do consumidor
06/09/2011

AgroPlan-UFV
Utilização de milho safrinha após geada, para silagem
04/08/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
Escolha a agulha certa
02/06/2011

Toledo do Brasil
Balança de caminhão reduz custos logísticos
10/05/2011

AgroPlan-UFV
Colheita de sementes de brachiaria por varredura
05/05/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
Ganhando peso na desmama
26/04/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
Transporte racional
17/03/2011

Beckhauser
Castração depende do manejo
22/02/2011

Coimma Balanças e Troncos de Contenção
Automação do manejo: caminho sem volta
13/01/2011

Beckhauser Troncos e Balanças
Identificação bem feita
28/12/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Reatividade na seleção do rebanho: comportamento influencia produtividade e qualidade da carne
26/11/2010

Toledo do Brasil
Gerenciador de pesagem é a bola da vez
11/11/2010

Beckhauser
Manejo correto começa cedo
21/10/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Tecnologia garante rentabilidade ao negócio
22/09/2010

Bayer CropScience
Manejo de poda na cultura do café
09/09/2010

Beckhauser
Bem-estar no bolso
03/08/2010

CRV Lagoa
Marcadores genéticos, seleção genômica e outras tecnologias
06/07/2010

Beckhauser
Condução do rebanho
01/07/2010

Beckhauser
Para o gado não perder peso no curral
24/05/2010

CRV Lagoa
Estratégias para aumentar o número de vacas prenhas na fazenda
29/04/2010

Toledo do Brasil
Dica: bê-a-bá da balança rodoviária
22/04/2010

CRV Lagoa
É preciso estar sempre de olho nos índices zootécnicos
31/03/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Em dia com a balança
26/03/2010

Toledo do Brasil
Balança portátil realiza análise de produtividade
17/03/2010

Beckhauser
Dicas de manejo com bezerros
09/03/2010

Toledo do Brasil
Sistema automatiza a pesagem de big bags
06/02/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Local de fixação do brinco pode agilizar a identificação do animal
01/02/2010

Coimma
Qualidade da carne começa na base da cadeia produtiva
26/01/2010

CRV Lagoa
Manejo reprodutivo de primíparas
20/01/2010

Beckhauser
Controle remoto no curral
12/01/2010

Beckhauser Troncos e Balanças
Tronco de contenção reduz acidentes no manejo de bezerros
22/12/2009

Beckhauser Troncos e Balanças
Eficácia da vacinação depende de manejo adequado
29/10/2009

Toledo do Brasil
Nova geração de balanças proporciona rastreabilidade
29/10/2009

CRV Lagoa
Análise de DNA permite grande salto no melhoramento genético de bovinos leiteiros
21/10/2009

Embrapa
Gerenciamento de resíduos de laboratório e de campos experimentais da Embrapa Pecuária Sudeste
01/09/2009

Conteúdos Relacionados à: Melhoramento genético
Palavras-chave

 
28/04/2014
3º Encontro Regional de Sistemas Produtivos
Sorriso - MT
28/04/2014
21ª Agrishow - Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em ação
Riberão Preto - SP
07/05/2014
Simpósio sobre Produção de Sementes e Mudas
Viçosa - MG
13/05/2014
Simpósio de Inovações Tecnológicas no Sistema de Produção Soja-Milho
Piracicaba - SP
14/05/2014
10º Congresso da Sociedade Brasileira de Sistemas de Produção (SBSP)
Foz do Iguaçu - PR
28/05/2014
Hortitec 2014
Holambra - SP
03/06/2014
VI Simpósio Sul de Pós-colheita de Grãos
Chapecó - SC
16/07/2014
Simpósio Desafios da Fertilidade do Solo na Região do Cerrado
Goiânia - GO
12/08/2014
VI Congresso Brasileiro de Mamona
Fortaleza - CE
19/08/2014
Simpósio Latino Americano de Canola - SLAC
Passo Fundo - RS
24/11/2014
V Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental
Belo Horizonte - MG

25/04/2014
Curso de controle estratégico de cancro cítrico
Ibitinga - SP
05/05/2014
XVI Curso sobre Manejo de Nutrientes em Cultivo Protegido
Campinas - SP
14/08/2014
IV Workshop Controle de Carrapatos
Nova Odessa - SP

 
 
Palavra-chave
Busca Avançada